slide

RUNNER A PERSEGUIÇÃO - Patrick Lee

30 maio 2017

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Runner - A Perseguição
Autor: Patrick Lee
Editora:Universo dos Livros
Gênero: Suspense - Suspensacional!
Páginas: 368
Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Sam Dryden, aposentado das forças especiais, leva uma vida tranquila em uma pequena cidade na costa sul da Califórnia. Durante uma corrida à noite, seu caminho se cruza com o de uma garota em fuga. Descalça e aterrorizada, ela tentava escapar de um grupo armado, e Sam aceita ajudá-la a despistar os perseguidores. Apesar do instinto protetor, ele deseja saber por que havia tantos homens incumbidos de matar uma menina de apenas doze anos. Rachel, no entanto, não pode responder a essa pergunta, pois só se lembra dos dois últimos meses de sua vida, durante os quais ficou encarcerada em uma prisão secreta do governo. A única certeza que ela tem é de que possui uma habilidade que a torna muito perigosa e valiosa para aqueles homens. Mesmo assim, Dryden decide ajudar a garota a descobrir seu passado enquanto fogem das forças militares altamente armadas e, em meio a esta empreitada, percebe que a habilidade de Rachel - e os segredos governamentais que o envolvem - podem ser o seu maior perigo.

Leia a sinopse e tenha uma noção bastante completa da intensidade que é Runner - A Perseguição. Ele estava no lugar certo, mas na hora errada e agora é o único que pode salvá-la..." (trecho que consta na capa)

Mergulhei na leitura dessa obra que capta, ou melhor, rapta/sequestra o leitor para seu interior de uma forma intensa isso porque a trama inteira é de pura adrenalina, pura combustão o tempo inteiro. A rapidez com que a trama acontece é uma loucura e fica uma mensagem na cabeça tipo leia... continue lendo... não pare! Trata-se de um suspense incrível que envolve uma gama enorme de sentimentos e sensações, em um momento me peguei julgando e odiando um determinado personagem e no outro passei a entender seus motivos.

Pense um ex-agente especial aposentado que segue rotina diária de apenas viver, isso após uma grande tragédia em sua vida, então ele acorda todos os dias, corre e segue vivendo até que em uma de suas corridas noturnas se depara com uma garota de 12 anos correndo... fugindo de alguma coisa e se choca com Dryden, ele se dá conta do risco de vida que Rachel está correndo quando percebe homens armados até os dentes, com comunicadores tentando encontrar a menina.

"Dryden conhecia o som do medo na voz de uma pessoa. Essa garota não estava com medo de ser presa por algum mau comportamento; ela estava temendo pela própria vida". (p. 12)

Quem é Rachel? Eu responderei em parte (sim sou má e você tem/deve ler este livro). Rachel é uma criança especial que tem alguns poderes que foram estimulados por algumas drogas de uma grande indústria que, dentre outras coisas, está a serviço do governo. A empresa faz testes com humanos fazendo reacender neles alguns “poderes” esquecidos com a evolução da espécie, tipo como os animais, alguns têm faro apurado demais, sentem e captam informações extrassensoriais, etc.

“...o DNA é uma bagunça. Pessoas o chamam de mapa, mas é mais como uma receita – uma que a natureza vem ajustando por alguns bilhões de anos. /... uma receita antiga, onde instruções velhas ficam alinhadas em vez de serem jogadas fora. Quando um animal evolui deixa de ter uma certa característica, como quando perdemos nosso rabo ou boa parte do nosso pelo corporal, os genes dessas características não foram deletados. O que normalmente acontece é que um novo gene que bloqueia os outros é criado.” (p.152) 
Adorei esta frase que eu não conhecia e a uso para concluir a transcrição acima: “Como era aquela frase? A Mãe Natureza é vadia, mas você tem que amá-la.” (p. 153)
                  
Pois bem, quando a mãe de Rachel fez parte de um grupo estava grávida e não sabia, quando descobriu a gravidez, eles permitiram que ela continuasse nos testes porque queriam saber como seria uma pessoa cuja mãe recebia as tais drogas, pois bem, Rachel é especial e além de ler mentes, faz outras tantas outras coisas de arrepiar, então agora que descobriram como ela é, imagine o que acontece. Uma verdadeira caçada humana. São tantas questões ultra mega super secretas envolvidas, são tantas fugas e perseguições, tem descobertas lindas em meio ao caos e resgate de sentido de vida de Dryden e descoberta de que existem pessoas que verdadeiramente se importam com Rachel e isso faz com que ela queira continuar vivendo apesar do que é e possui.

“...Ela descobriu que não gostava de ficar longe dele. Comparados ao de todas as outras pessoas das quais ela havia ficado perto hoje – mesmo aquelas em outros carros na rodovia -, os pensamentos de Sam eram únicos. Não importava o que ele estivesse pensando, havia um sentimento que sempre estava lá, um sentimento que parecia direcionado a ela. Isso a fazia pensar no calor próximo a uma lareira. Era assim que ela sentia os pensamentos  de Sam. Como um calor protetor. Como um abraço.” (p. 82)

Então, temos uma menina de 12 anos que quer saber quem é ou o que é, pois no momento atual não tem ideia de quem seja; não tem uma história para contar, tem apenas algumas lembranças que não fazem sentido. Temos um homem que tem sua vida virada do avesso, mas que de alguma forma foi escolhido, um monte de poderosos entrelaçados em segredos que precisam ser preservados, pessoas que usam seu super poderes para uso próprio não se importando com nada, apenas satisfazerem a si e usar outra pessoa. Temos grandes empresas se protegendo e se atacando atrás dos segredos uma das outras para se destacarem em mundo totalmente capitalista.

Gente, só posso dizer e digo que a trama é simplesmente de pura adrenalina!!!! 
Uma trama que colocou em minha cabecinha a certeza de que coisas podem existir nesse nosso mundo e que não temos a mínima ideia, que Governos do mundo inteiro têm seus segredos e querem preservá-los a qualquer preço. Caraminholas em minha cabecinha do tipo: somos todos peças de um gigante tabuleiro de xadrez nas mãos de muitos poderosos, muitos do bem, mas a maioria inescrupulosos e assim vamos vivendo. Afff!! Muito louco isso. 

Enfim, o final do livro traz uma maravilhosa mensagem, pelo menos para mim, a certeza de que por alguém que amamos somos capazes de sacrificar muito. A certeza de que o bem estar de quem verdadeira e incondicionalmente amamos é a razão para seguirmos ainda que à distância e quando menos esperamos e, mesmo que distante, é possível sentir e até nos comunicarmos com a pessoa, claro que neste caso estou falando de um dos poderes de Rachel, mas você terá que ler o livro para saber qual é e como é. (risos) Mas, é bem louco.

O autor construiu todos os personagens com uma riqueza incrível, outro ponto forte é o fato de o enredo ter tido a mesma atenção do autor Patrick Lee foi uma memorável surpresa para mim. Alguns críticos e leitores afirmam que esta é a melhor obra dele, então, concluo que fui uma felizarda de conhecê-lo através dessa obra tão completa, tão pulsante que, com certeza, deverá fazer algumas pessoas roerem as unhas, isso certamente acontecerá com um número ainda maior de pessoas caso essa história espetacular fosse transformada em um filme ou ainda melhor, em uma série.

A Universo dos Livros está de parabéns pela revisão, diagramação e a capa que está totalmente alinhada e coerente com a trama inteira, ou seja, traz o movimento e a essência do todo da obra. Trata-se de uma trilogia o que me deixa bastante empolgada para ler a sequência, ainda que tenha tido a sensação de ser uma obra única com todos os círculos fechados e nós desatados.
“É uma coisa e tanto estar verdadeiramente arrependida por algo. Arrependida com cada parte de seu corpo.” (p. 306)

Este livro com certeza leva 5 estrelas e um coração, ele é até o momento meu principal favorito de 2017


Sobre o autor Patrick Lee:

Nasceu no oeste de Michigan em 1976. Suas realizações ao longo dos próximos dezoito anos incluíram a espera do Nintendo  ser inventado e, em seguida, jogar muito Nintendo. Em seus vinte anos ele vendeu dois roteiros para estúdios de cinema em Los Angeles, mas nenhum deles foi produzido. Patrick culpa o preconceito de Hollywood, protagonistas de Brad Pitt. Por outro lado, mesmo o sucesso limitado de Patrick no negócio do filme foi uma ótima maneira de evitar fazer qualquer trabalho real em seus vinte anos.

Aos trinta anos começou a escrever romances, e conseguiu assinar com o agente mais legal do negócio: Janet Reid na FinePrint, que rapidamente vendeu os dois primeiros livros da série Travis Chase para HarperCollins. Parentes de Patrick expressaram alívio que ele provavelmente não iria acabar dormindo em seus sofás


Beijos adrenalizados!
Tânia Bueno  

34 comentários:

  1. Menina, eu já fiquei sem fôlego só de ler sua resenha. Me parece que ela acompanhou o ritmo frenético que o livro tem, hein? rs
    A-DO-REI!
    Percebi que é um livro cheio de ação e só pela resenha, minha cabeça já criou um filme. rs
    Me lembrou um pouco do filme Lucy. Já assistiu? No filme a protagonista é obrigada a ser uma “mula” aquela que transporta droga em seu próprio corpo e essa droga tendo caído em seu sistema sanguíneo, ela fica com suas capacidades de memória entre outras capacidades potencializadas e é bastante caçada também.
    Enfim, a história do livro é magnífica! Eu adorei saber sobre suas impressões sobre o final do livro e saber que ele nos faz refletir é algo que eu aprecio muito. Também adorei saber um pouco mais sobre o autor. Não o conhecia. Enfim... Parabéns pela resenha tão completa! Amei!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Amei a sinopse e a resenha só me deu mais vontade de ler.
    Ela me lembrou um pouco a série Stranger Things. Já foi para lista, obrigada por compartilhar. Bjs

    Mundo Literário

    ResponderExcluir
  3. Oie! Tudo bem?

    Não conhecia esse livro, mas amei demeias a sua resenha e a proposta dele, com certeza é o tipo de livro que amarei ler, ainda mais sendo um suspense desse estilo que nos deixa com a adrenalina a mil! ótima dica!

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Oi! tudo bom?
    Nossa pareece ser ótimo esse livro, amo histórias com ação e com certeza esse vai para a minha lista de próximas leituras, parabéns pela resenha eu adorei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Tania.

    Você está de parabéns porque sua resenha está maravilhosa! Estou desejando ter este livro em mãos para conhecer a história completa. Não conheço a escrita do autor, mas imagino a adrenalina que deve ser o enredo, já entrou na lista de prioridades. A primeira oportunidade eu compro e começo minha leitura.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    É possível ter adrenalina rolando nas veias só por por sua resenha? Deve ser, pois é assim que estou me sentindo. Fiquei muito contente por conhecer suas impressões e esse livro que parece ser "O" suspense.
    Os personagens também parecem ser um show à parte, achei isso muuito legal. Dica super anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tânia
    Diante da empolgação da resenha fiquei até curiosa para ler. Gosto de livros assim, com um bom ritmo até meio frenético. Tudo depende de como é desenvolvido, né?
    Acho que leria futuramente.


    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Juro que vi a capa e pensei uau maze runner, mas não hahahaha. Nãop conhecia esse livro, adorei sua resenha e sendo sincera me interessei especialmente pela mensagem final "de que por alguém que amamos somos capazes de sacrificar muito.". Acho a maior verdade e eu adoro isso.

    ResponderExcluir
  9. Oiii!!!
    Gostei muito da sua resenha, sua empolgação também me deixou empolgada para ler hehehe. Não conhecia esse livro ainda, mas a trama é do tipo que eu gosto de ler. Fiquei bem curiosa para saber melhor os poderes da Rachel e entender melhor o que aconteceu com a mãe dela.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Tânia, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas já tenho uma coisa a declarar: PRECISO DELE URGENTEMENTE!!! Como assim o livro traz coisas tão legais?! Primeiro, o fato de ter um ex-agente já chama a minha atenção. Segundo, a personagem mirim ter "super poderes" já me faz querer parar tudo agora e ir ler a obra. Com certeza leria rapidamente, pois todo esse clima me deixa bem curiosa. Já quero!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ola!
    Desde que vi esse lançamento tive vontade de ler. A sua resenha só me confirmou com a história é maravilhosa e como tenho que ler urgente. Adoro livros que contenham suspense e uma trama envolvente.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia mas gostei da sinopse e da tua resenha. fiquei com vontade de ler.
    Mais um livro para a minha lista (já enorme) de livros que quero ler :)

    ResponderExcluir
  13. Oie amore,

    Um amigo leu esse livro e já tinha me indicado... mas não é um gênero que eu esteja muito a fim de ler entende...
    Mas gostei de sua resenha pra ser sincera.
    Parabéns pela resenha!

    Beijoka!

    ResponderExcluir
  14. Oi Taninha sua linda, tudo bem?
    OMG!!!!! Que história é essa??? Nossa, pessoas com poderes e que ao mesmo tempo que são temidas, pois são vistas como aberrações, são caçadas por autoridades com fins inescrupulosos. Fiquei com medo por eles. Ter poder quando a maioria não tem, não é bom!!!! Estou louca para ler esse livro, parece ser adrenalina pura!!!! Adorei sua resenha!!!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Não tenho lido muitos livros do gênero ultimamente, a verdade, é que este não é meu gênero preferido, por isso, sempre deixo de lado livros com este estilo. Ele parece ser interessante, vou deixar anotado o nome, e caso me interessa eu leio depois.

    ResponderExcluir
  16. Não é muito meu estilo de livro, mas a história parece bem interessante.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  17. Olá, ainda não conhecia esse livro, mas depois de ler essa sua resenha super positiva, já quero! Amo livros que prendem o leitor, que são eletrizantes e que nos fazem não querer parar de ler. Achei mega interessante esses "dons" que a Rachel tem.

    ResponderExcluir
  18. Oi Tânia, tudo bem? Eu não conhecia o livro e confesso que quando vi a capa pela primeira vez achei que fosse Maze Runner hahaha! Passado a confusão, me encontrei curiosa apenas com a leitura da sinopse. Sua resenha está ótima e me deixou com muita vontade de conhecer mais sobre a obra, com certeza irei ler. E, preciso concordar com você, somos meros peões nas mãos dos poderosos, temos conhecimento apenas da ponta do iceberg. Infelizmente nossa sociedade é assim.

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Boa! Gosto de coisas com ritmo!!! Adoro a circunstância do frenético, do esquisito. A riqueza do universo humanístico das personagens é algo fundamental em uma obra! Aliás, nem sei se existe uma obra sem isso. Como diria Shakespeare: Seriam só words, words, words... no more!

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho o livro aqui, mas infelizmente não li ainda, apesar de está doida para isso. O problema é a falta da continuação, o que me deixaria roendo as unhas. Foi legal ler uma resenha dele, assim conheço melhor do que o livro se trata, pois li pouca coisa dele.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  21. Oii, tudo bem?
    Não li nada do autor, mas parece ser incrível! Gosto quando os livros tem bastante ação de dá muitaa vontade de ler e achei legal o fato de parecer não ter uma continuação, curto mais quando é assim.
    Diante da sua empolgação e comentários super positivos é impossível não querer ler.
    Dica anotada.

    ResponderExcluir
  22. Que ótima indicação! Aprendi mais uma palavra, suspensacional!! Sou fã do gênero e amo tramas que prendam a minha atenção e esse livro parece muito interessante. É bom saber que os personagens foram bem construídos!

    Bjos,
    http://contosdacabana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Hey!!

    Não conhecia a obra, nem o autor, me atrai bastante desde o momento em que me deparei com a capa do livro, depois de ler a sinopse e a resenha me interessei ainda mais, a obra parece ser muito boa mesmo. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  24. Achei uma capa confusa mas seu entusiasmo na resenha me cativou e este é um gênero que gosto de me aventurar. Vou adicionar a lista de leitura, obrigado pela dica.

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem?
    Meu Deus que livro é esse? Que resenha é essa? kkkkkk
    Eu simplesmente amei a premissa desse livro. Quando comecei a ler fiquei desesperada. Claro que vou ler, além da obra ter me conquistado sua empolgação é envolvente, obrigada pela dica e parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Já tinha visto a capa desse livro por ai mas não sabia qual era a trama e fiquei encantada depois da sua resenha, pois é um livro cheio de elementos misteriosos que atiçaram a minha curiosidade acerca da história e dos personagens, principalmente a Rachel. Com certeza o lerei assim que possível.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Puxa, Tânia, como assim eu não conhecia esse livro ainda??? *-* Adorei, gostei de ser pura adrenalina, de ter essa coisa dos poderes e mais ainda de ser uma trilogia mas proporcionar uma leitura que parece de livro único, odeio quando algo termina de forma angustiante e temos que esperar a continuação... Já foi pra listinha, preciso ler urgente!! Obrigada por me apresentar a ele! :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  28. Oieee, não costumo ler livros do genero, mas pela sua resenha percebe-se que o livro ´trás muita coisa boa, e sua empolgação até me deixou curiosa agora haha obrigada pela dica!

    bjs

    ResponderExcluir
  29. Gente que loucura esse livro, imagina esse homem esbarrando com uma menininha sendo perseguida pelo governo e que tem poderes. Deve ser uma leitura eletrizante. Não conhecia, mas vou tentar ler.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Ainda não conhecia esse livro, mas pela sua resenha percebi que preciso conhecer o mais rápido possível. Adoro leituras desse estilo, com muita adrenalina, e já vou adicionar na minha lista de futuras aquisições.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Amei o suspencional! kkk
    Acho livros assim eletrizantes. Me faltou folêgo só de ler a sinopse, imagino que a leitura seja um frenesi só.
    Não conhecia o título, mas já vou procurar saber mais sobre ele.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  32. Olá, tudo bem? Mulher consegui sentir a adrenalina daqui de longe HAHA adorei, e acho bastante promissora essa sinopse. Não conhecia o autor, mas adorei esse livro. Super dica anotada.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?
    Amor histórias que nos prendem assim, ainda mais com personagens bem construídos. O livro vai pra lista de desejados!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  34. Já tinha visto essa capa por ai, mas não sabia que era um livro tão intenso.
    Adorei a resenha.
    Já até fiquei com vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir