slide

CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS

21 dezembro 2013


CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS
E.L. James
Editora Intrínseca
512 páginas

ATENÇÃO: Somente para adultos

Sinopse: “Assustada com o lado obscuro do belo e atormentado Christian Grey, Anastasia Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e decide se concentrar em sua carreira: ela acaba de conseguir um emprego em uma editora de livros de Seatle.

Mas o desejo que sente por Christian ainda domina seus pensamentos e, quando ele propõe reatarem o namoro, ela não consegue resistir. Por amor a Ana, Christian está disposto a enfrentar seus demônios interiores. Em pouco tempo, porém ela descobre segredos do passado de seu amargurado e dominador parceiro que jamais imaginou serem possíveis, e se vê obrigada a tomar uma importante decisão.


O segundo volume da Trilogia Cinquenta Tons tem um prólogo que traz algumas informações do drama vivido por Christian Grey na primeira infância que foi marcada por violência, negligência e abandono.

Como no primeiro volume Cinquenta tons de Cinza, o segundo livro Cinquenta tons mais escuros continua retendo a atenção e proporcionando uma leitura prazerosa e engraçada em muitos momentos. Trata-se de um livro despretensioso que continua a história do primeiro, ou seja, com Anastasia Steele trabalhando desolada e sentindo muito a falta de Christian Grey, pois na última vez em que eles estiveram juntos ela o desafiou nos jogos e não aguentou, sentindo-se humilhada abandonou Christian, mas consciente da responsabilidade pela escolha que havia feito.

Transcorridos algum tempo da separação, Grey oferece a Ana uma carona para irem à exposição do amigo de Ana, José Rodriguez, ela aceita e aí tudo recomeça de uma forma diferente, pois ele vivenciou uma dor insuportável no tempo em que ficou longe dela.

Ana se desculpa por não ter usado a palavra de segurança, Christian se sente aliviado e diz que talvez pudessem ter evitado todo o sofrimento. Quando diz que ele parece bem, Christian diz baixinho: “As aparências enganam. Não estou nem um pouco bem. Eu sinto como se o sol tivesse se posto e não tivesse nascido por cinco dias, Ana. Estou vivendo uma noite infinita”. Ana pensa e conclui para si mesma que se sente exatamente como ele.

Eles conversam esclarecendo algumas questões sobre os limites rígidos de ambos, ela admite gostar de um pouco de sacanagem e que as palmadas a excita, acordam que não terão regras e castigos como as que Christian tinha nos relacionamentos com as suas ex-submissas. Ele está disposto a mudar, viver, revisitar seus gostos e experimentar algo novo desconhecido até conhecer Anastásia Steele que, decididamente, nunca foi uma submissa embora inicialmente esta tenha sido a intenção e o desejo de Christian.

Christian começa a se abrir para Anastasia e é de cortar o coração quando ele começa a explicar o motivo pelo qual tem pavor de ser tocado, mas interrompe bruscamente a fala e uma reticência fica no ar, só continua a falar quando Ana pergunta se a mãe o maltratava e ele diz: “Não que eu me lembre. Ela era negligente. Não me protegia do cafetão. Acho que era eu que cuidava dela”.

Neste livro há uma intensa convivência entre eles, muito romance, muitos e-mails trocados, muitas primeiras vezes de ambos.

O efeito Christian em Ana é intenso: “Sou apenas sensação. Isto é o que ele faz comigo: pega o meu corpo e me possui por inteira para que não pense em nada além dele. Sua magia é poderosa, inebriante. Eu sou uma borboleta presa em sua rede, incapaz de escapar, sem vontade de escapar. Sou dele... totalmente dele. – O que eu sinto por você me assusta, diz ela. Ao que ele responde: também me assusta, baby” p. 72/73.

Efeito Anastásia em Christian:
“Você me faz olhar para o mundo de forma diferente, Anastasia. Você não me quer pelo meu dinheiro. Você me dá... esperança”. “... existe algo em que me toca em algum nível profundo que eu não sou capaz de compreender. É como um canto de sereia. Eu não consigo resistir a você, e não quero perde-la”. p. 101.

Anastácia é um balsamo para Christian em todos os sentidos, para as cicatrizes que ele carrega no corpo e também na alma. Ao passo que ele a completa, colabora para que ela se valorize já que sua autoestima em vários momentos é bastante rebaixada e ela mostra-se insegura em diversas situações. Bom, eles realmente são almas gêmeas, com muitos conflitos ainda, mas são.

“Ele evoluiu muito, assim como eu, em tão pouco tempo” p.174 reflexão de Anastasia.

Eles vão se descobrindo, se experimentando, se permitindo graças à confiança que um tem no outro e graças ao amor incondicional que ela sente por ele.
Em meio a toda avalanche de emoções, sexo mágico, forte e sensual eles vão se descobrindo e o Christian que controla tudo agora tem que lidar com uma nova ameaça: o surgimento de uma ex-submissa surtada, e desorientada, Leila causará alguns problemas e fará Christian ficar alerta com relação a segurança de Anastasia, por vezes até sufocando-a.

Aliado a tantos acontecimentos tem toda a intromissão de Elena Robson a dominadora que contribuiu para que Christian se transformasse no que é, o como ela fez isso, você descobrirá lendo a Trilogia. Sem falar em mais um vilão travestido inicialmente de cordeiro ele é o verdadeiro lobo e com ele temos um enredo mais movimentado envolvendo tramas, remorsos, vinganças e, claro polícia em ação e desespero no ar. Os personagens secundários contribuem para que se desfoque um pouco de Ana e Christian.

Ai vão alguns recadinhos:

1) Para os meninos: Christian Grey é um personagem e faz parte de um conto de fada. Assim como Papai Noel, Coelhinho da Páscoa e Saci Perê não existem, Christian Grey também não, ok?

2) Se você ainda não iniciou a leitura do livro por:
a) julgar que se trata de falta de respeito com a mulher, o que não é verdade, pois Anastasia nunca fez nada que não quis, como diz o Christian é ela quem determina e tem o poder.

B) palmadas, chicotes e uso de acessórios são agressivos demais? Desconsidere tudo e se dê a chance de ler, se deliciar e somente depois tirar suas conclusões. Não seja preconceituosa/preconceituoso, pois não é um livro tão pesado e de conteúdo tão horroroso assim. Vale a pena ler, você poderá descobrir algumas práticas interessantes e gostar delas. Considere que é realmente uma história de amor, fora dos padrões convencionais, mas é sim uma história de amor e linda, na minha humilde opinião.

Então vamos para o último volume e ver o que nos revela. Ah! Como fiz no livro 1, eis a trilha sonora do livro 2. Lembrando que no livro quando mencionado somente o interprete, eu pesquisei e sugeri a música, o mesmo quando mencionado a música que pesquisei o interprete ou banda.

1) The Scientist – Coldplay
2) Dream Brother – Jeff Buckley
3) Hallelujah – Jeff Buckley
4) Chocolate – Snow Patrol
5) Crack the Shutters – Snow Patrol
6) Try – Nelly Furtado
8) Nailero – Joseph Canteloube: Chants D’Auvergne
9) Crazy Beyoncé
10) Buena vista social clube – Banda de mesmo nome da música
11) It hd to be you – Harry Cornnick Jr
12) Come fly with me – Michael Bublé
13) I’ve got you under my Skin – Michael Bublé ou Frank Sinatra
14) Moondance – Van Morrison
15) The first time – Bruno Mars ou Lemar
16) Ever I Saw your face – Roberta Flack

22 comentários:

  1. Oi Tânia!

    Os hots estão em alta, mas não curto esse estilo.
    Lembro que esse livro causou a maior agonia nas redes sociais e agora mal comentam isso... tudo é muito rápido!

    Bj!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Gladys, os Cinquenta Tons abriram caminho para o estilo e hoje temos muito mais livros sendo publicados e lidos. Bjs

      Excluir
  2. Amei seus recadinhos!
    Achei esse livro bem romântico! Christian foi muito fofo nesse! Amei sua resenha, super bem escrita como sempre!
    Tania vc sabe que sou fã neh! Amo ver resenhas positivas sobre o livro!
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é uma linda e a cada recado seu me sinto mais motivada a continuar resenhando, pois apesar de ter o desejo de escrever sempre tive receio em começar. Muito, muito obrigada. bjs

      Excluir
    2. hahaha
      Obrigada Tania! Sinto o mesmo com seus comentários! s2
      Passando para desejar um Maravilhoso Natal e muito Sucesso!
      Beijos
      PS:Nova Parceria do Blog Overdose Literária com a Autora A. C. Meyer!!
      http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/12/nova-parceria-do-blog-overdose.html

      Excluir
    3. Oi Paula, Que seu Natal tenha sido mágico em todos os sentidos. Bjs e cheiros!

      Excluir
  3. Olá querida!
    Eu adorooooooooooo essa trilogia.Realmente nesse segundo livro, podemos conhecer melhor Christian e morro de pena das coisas que ele passou.
    Parabéns pela sua resenha, quem não leu, pode sentir o gostinho da história!
    Beijos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi, eu também adoro esta Trilogia, a história CG é realmente de cortar o coração e para mim que trabalhei muito tempo a questão de abusos contra crianças e adolescentes, então nem se fala. Que bom que minha resenha pode despertar o outro lado nas pessoas e abaixo o preconceito! risos. Sabe, eu sou o tipo de pessoa que consegue ver aprendizado em tudo. bjs bjs bjs

      Excluir
  4. Oi Tânia,

    Bom o livro não faz meu estilo, mas tenho uma amiga que ama essa trilogia, bom não tenho muita coisa pra falar, todos tem seus gostos e esse não é bem o meu.

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Querida, realmente muitas pessoas não gostam do estilo e confesso que no início eu fiquei bastante reticente, depois de muito tempo resolvi ler para ver se era tudo aquilo e na realidade descobri romance, afeto, humor, vários dilemas, traumas a serem trabalhados, aprendizado e transformações, para mim só o fato de ter identificado tudo isto já valeu a pena. Respeito o seu posicionamento e acho que só temos que ler o que nos deixa bem e de certa forma felizes. Eu por exemplo, não leio nada que me deixa triste, me nego. Hahaha. bjs bjs

      Excluir
  5. OIEEE, tudo bem??? pois então, eu li 50 tons de cinza duas vezes este ano, eu simplesmente fiquei super apaixonado, e adoro o romance do casal, em 2014 eu quero ler o primeiro livro mais uma vez e depois ler o segundo e o terceiro em sequencia, este ano eu tinha muitos livros de parceria para ler, por isso não terminei a leitura da série, mas em 2014 quero ler os três livros em sequencia, Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OMG, AMOOO quando os homens leem esta trilogia. Parabéns Gustavo homens corajosos como você merecem o meu respeito e admiração. bjs

      Excluir
  6. é, ainda não iniciei a leitura do livro por causa do que você falou no item b, rs... Mas fiquei feliz pelo menos por você considerar que se trata sim de uma história de amor. Isso fez com que eu perdesse pelo menos um pouquinho do preconceito. Mas ainda não foi o suficiente para eu me animar a ler... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  7. Ju querida, tudo no seu tempo, não se apresse. Sabe, eu acredito que existem livros que temos o tempo certo para ler, o momento emocional mais adequado, às vezes ainda não estamos no clima e se for para você ler este tempo chegará. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Tania,
    tudo bem?
    Eu estou acompanhando suas resenhas sobre essa triologia. Como disse antes, não faz o meu gênero. Mas você está apresentando a história sobre um prisma tão diferente e de uma forma tão intensa, que fica difícil não querer ler.
    Suas resenhas estão excelentes, fiquei impressionada mesmo.
    Vou aguardar agora o desfecho da história.
    Beijinhos.
    Cila- leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ci, obrigada! Estou finalizando a leitura do último livro e apesar da maioria das pessoas não terem gostado do último livro, estou amando.
      Bjs

      Excluir
  9. Oie, eu gostei bastante desse livro, mas estou com um medo do filme.
    Sua ideia de colocar aqui para a gente a trilha sonora foi tudo.
    A resenha prendeu minha atenção ate o final e boa leitura do próximo livro.
    http://confissoesdagordinhara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lé, acho achei a trilha dos dois livros muito legais, se bem que a minha preferida é a do primeiro livro. Estou finalizando a leitura do último livro. bjs

      Excluir
  10. Olá como vai ?
    Vi o recadinho "Só para adultos", mas não obedeci e li alguns trechos. Nunca li um livro do gênero então não posso dizer nada à respeito, mas quero sim ler algum dia.
    Beijos Carlos
    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha, Carlos Henrique, não vejo problema algum em você ter lido a resenha, o aviso "só para adultos" é para que todos saibam que o livro tem um conteúdo picante e adulto, afinal é sempre bom avisar e a pessoa escolherá se deseja ler ou não. Bjs

      Excluir
  11. Oi bonita!
    Você me convenceu u.u Eu não sou mto fã de bruno mars, mas a trilha sonora do livro realmente tá mandando bem! Eu vou dar uma chance aos livros, com vc contando as coisas só fiquei curiosa ahahaha eu to precisando liberar espaço nas prateleiras, não tem mais espaço! Então vou colocar alguns livros no skoob pra troca, assim pego novos (to pobre já ç.ç) vou ler Cinquenta Tons antes de colocar no skoob então
    espero gostar um pouco!
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Proposta Literária - Aqui o roteiro é seu!

    ResponderExcluir