slide

Ela nunca será minha

26 dezembro 2015

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Ela nunca será minha - Livro 2
Série: Reasonable Doubt
Autor(a): Whitney G. (Whitney Gracia Williams)
Editora: Universo dos livros
Gênero: Romance erótico
Páginas: 112
Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Nesta série, a autora best-seller do The New York Times e do USA Today, Whitney Gracia Williams, mistura os mundos do Direito e da dança em uma narrativa apaixonante e erótica que vai fazer o leitor rir, chorar e querer (sempre) um pouco mais. No segundo volume da trilogia, Andrew Hamilton vê seu passado bater à porta, exigindo um enfrentamento de sua parte. Ele terá que finalmente baixar a guarda e reconhecer que há sempre que se considerar o benefício da dúvida, em cada caso... E é ainda nesse momento que a história da sedutora Alyssa começa a ser desenhada, talvez justificando, um pouco, suas atitudes... Será que o casal finalmente vai se entender?
Em ELA NUNCA SERÁ MINHA, segundo livro da Série Reasonable Doubt que amo demais! Para quem ainda não conhece esta série sugiro que leia a resenha do volume 1 AQUI e conheça um pouco do autoritário Andrew Hamilton, um cara um tanto cafajeste que para não se lembrar do passado e por ser absolutamente apaixonado por sexo se envolve com mulheres apenas por UMA NOITE A NADA MAIS (título do primeiro livro), penso que ele aja assim também como uma forma de punir todas as mulheres em decorrência do que uma fez em sua vida e não sabemos exatamente o que aconteceu. Nesse livro 2 temos algumas pistas, mas não são suficientes para desvendarmos este enigmático empresário do Direito e sedutor deus do amor. Tudo vai bem até que ele conhece Aubrey Everhart, aliás, no começo eles se comunicavam por e-mail via pela qual identificava as mulheres para sair, ela usava outro nome, existe sintonia entre eles e nunca saíram do virtual, nunca se encontraram, mas acabam se esbarrando em uma seleção para estágio de direito, ocasião em que ele a reconhece pelo discurso e fica muito bravo, por descobrir que ela mentiu, detalhe ele não tolera mentira e acaba com qualquer relação quando isso acontece. Entretanto, não foi bem isso que aconteceu. Acho que deu para situar um pouco você sobre a trama.

O livro 1 terminou de um jeito que me deixou com uma baita interrogação na cara e isso foi bem frustrante, fiquei como se o capítulo de uma novela terminasse e que continuaria no dia seguinte, mas como o livro 2 só saiu bem depois, permaneci com esta sensação de vazio, que odeio, viu Universo dos Livros? Mas ok é uma característica da autora, que, aliás, escreve muito bem. No início desse livro a coisa começa literalmente quente, pois como está muito brava com Andrew, Aubrey joga café quente nele, adorei isso. (hahaha) foi no mínimo engraçado ver o poderoso advogado todo sujo e com receio de ter queimado aquela parte do corpo do homem que representa poder e medo,  por questões óbvias. Hahahaha.

Aubrey é uma garota de 22 anos que tem como grande paixão o balé e mesmo contra a vontade do pai e da mãe que também são advogados bem sucedidos e  priorizaram a carreira e não a filha (isso é abominável para mim).  Eles não respeitam os sonhos e desejos dela e ela parte para realizar seu sonho como bailarina clássica e ainda conciliar a faculdade de Direito e o estágio na empresa de Andrew. Preparem-se para conhecer pais um tanto sem noção que com a candidatura para política querem que a filha agora adulta assuma o sonho deles como dela e adorei a reação dela, menina determinada. Ela é das minhas mocinhas que fala o que pensa e não está nem aí para algumas convenções sociais.

Mas, nossa protagonista não tem só o gostosão do Andrew como problema, tem uma bailarina que a desmerece porque quer a todo custo o papel principal de O Lago dos Cisnes. Aliado a isso, o passado de Andrew vem à tona e agora também terão uma figura sem noção, a única mulher que ele amou, casou e que odeia com todas as forças. Na minha inferência é que esta ex-esposa deve ter feito da vida dele um inferno, mas ainda não sei o que ela fez e porque ele é tão traumatizado com a figura feminina.

Andrew e Aubrey vão se relacionanda de forma deliciosa, engraçada e nem aí com os outros, mas claro sem compromisso algum. Ela começa a descobrir um sentimento ainda não vivido e ele é a negação desse sentimento em pessoa, procura fugir, mas será que conseguirá? Será que Aubrey conseguirá acessar o cerne do coração dele? Aliás, ela tem mania de pesquisar tudo no Google e não acha nada sobre Andrew, ele é um mistério a ser desvendado e ela é uma investigadora contumaz, tanto que ele incomodado, às vezes pensa: Por que ela não foi estudar jornalismo e não direito ou balé?  Bom, fato é que tudo instiga ainda mais a querida Aubrey e neste livro ainda temos muitas pontas soltas que acredito serão amarradas no último volume.

Não preciso dizer ou escrever mais uma vez, mas vou dizer em pensamento e escrever novamente, que amo esta Série, hahaha. Com uma escrita envolvente, com muito bom humor e uma forma um tanto relax de escrever a autora sequestra a atenção do leitor, o que é uma delícia e ainda bem que o livro é curtinho, pois é daqueles que você pega para ler e não quer largar de jeito nenhum e também daqueles que você lerá novamente, pois é bem leve e deixa você com uma sensação de bem estar muito bacana, claro que existem momentos em que você quer dar na cara do Andrew por ser machista, mas ele se trai em alguns momentos quando é extremamente cavalheiro, não gente... Ele não é bipolar só tem algumas questões do passado ainda não elaboradas e sabe aquela coisa que quando não entramos em contato com alguns episódios/problemas, colocamos no baú para que fiquem trancados para sempre? Pois bem, quando fazemos isso não resolvemos, não elaboramos e certamente emergirá em algum momento da vida como um fantasma. Então, aguardemos o livro 3 para saber quais são estes fantasmas que transformou este homem em algo que não acredito que ele seja. Também quero saber o que acontecerá com Aubrey em relação a sua grande paixão que é o balé e sua carreira de advogada e ainda como lidará com o pai e a mãe que são egoístas e sem noção.

A capa é linda e está em total conexão com a trama, aliás, Francine C. Silva e Valdinei Gomes mandaram muito bem na arte e na adaptação da capa, parabéns pessoas lindas. A diagramação e tudo o mais estão excelentes, amei tudo!

Mais que indico a Série Reasonable Doubt,  se puder compre os três livros de uma vez e leia na sequencia, pois a leitura é rápida demais e depois me contem o que acharam.

O que acharam da resenha? Aguardo seus comentários.

Beijos sensuais e divertidos
Tânia Bueno

9 comentários:

  1. Eu li a resenha até o final, gostei muito de seu texto. Quando vi o título do livro, já sabia que não era para mim, descobrindo mais sobre o enredo em sua resenha, tive certeza. O livro me pareceu uma mistura de muitas coisa que já existe escrita, mais do mesmo, o velho clichê. Então, deixo a leitura passar.

    ResponderExcluir
  2. Oi Tania.

    Eu ainda não tive oportunidade de ler este livro e nem a anterior, mas tenho muita vontade. Porque já li algumas resenha muito boas sobre eles. A sua resenha deixa a história bem interessante e quero comprar os dois mais rápido possivel.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie, ainda não conhecia o livro mas ele me parece bem interessante, todo esse mistério e confusões da vida passada me chamam muito a atenção.
    Espero que tenha a oportunidade para leitura do livro.

    Beijos,
    http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Poxa!
    Gostei muito da resenha e lógico que farei o possível para ler dos dois livros e esperar pela continuação!
    Obrigada por sua resenha.
    Bjus

    Viviana
    devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Tânia!
    Nunca li nenhum livro deste gênero, então sei que não tenho conhecimento para fazer qualquer tipo de crítica, mas a sensação que tenho é de que todos são iguais.. Ou então muiiito semelhantes...
    Mas este até que seria uma boa oportunidade para conhecer o gênero já que são tão poucas páginas =]

    Bjo
    Bom ano pra vc!

    ResponderExcluir
  6. Olá Tania!
    Já li essa trilogia e amei todos os livros. O último então é melhor ainda. Mesmo Andrew sendo esse arrogante e petulante ele me conquistou. A Aubrey é uma fofura, mas ao mesmo tempo decidida. Fiquei orgulhosa de ela ter ido atrás dos seu sonhos.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie!!!
    Não conhecia o enredo desse livro, apesar de já ter o visto varias vezes pela livraria. Confesso que a história em si não me chamou muito atenção. Mas talvez eu leia mais para frente, já que gosto muito de livros do gênero.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Gostei do título!
    Uma excelente resenha, você soube apontar coisas bem legais do livro e não contou spoliers. Mas não é meu genêro preferido. Sucesso para o blog!

    Abraços,

    Tony

    ResponderExcluir
  9. Tânia, amei conhecer a série... aproveitei para ler a resenha do livro 1 também. Estou tão curiosa quanto você para saber dos segredos do Andrew, e olha que nem os li ainda. Bela resenha. Bjs!

    ResponderExcluir