slide

Uma Noite e Nada Mais - Livro 1

21 junho 2015

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Uma noite e nada mais
Autor(a): Whitney G.
Editora:Universo dos Livros
Gênero: Romance erótico
Páginas: 128
Compre e Compre: Submarino 
Adicione: Skoob
Nota:

SINOPSE: Nesta série, a autora best-seller do The New York Times e do USA Today, Whitney Gracia Williams, mistura os mundos do Direito e da dança em uma narrativa apaixonante e erótica que vai fazer o leitor rir, chorar e querer (sempre) um pouco mais.
Andrew Hamilton é um advogado extraordinário que só se envolve com mulheres que conhece pela internet. Sua astúcia e beleza, porém, preservam um segredo do passado – aquilo que fez dele o homem que hoje é. Seu lema com as mulheres é simples e direto: “Uma noite e nada mais”. Até o dia em que uma mulher especial entra em sua vida, fazendo-o rever suas convicções sobre relacionamentos e virando seu mundo de pernas para o ar...

Recebi UMA NOITE E NADA MAIS de cortesia da parceira com a editora que amo demais e que tem colaboradores fantásticos, estou falando da UNIVERSO DOS LIVROS que nos presenteia com um livro alegre e bem humorado que se lê rapidamente, praticamente sem piscar os olhos para não perder tempo e nenhum um lance, fui apresentada a UMA NOITE E NADA MAIS e ao estonteante, desejado e bem sucedido advogado Andrew Hamilton... Hum... eu disse desejado, só que com ressalvas, pois ele para se proteger de algo que aconteceu no passo se fecha em uma casca como uma ostra, tudo para não se envolver emocionalmente com nenhuma mulher, mas coleciona várias que passam por sua vida apenas por uma noite e nada mais, assim, sem conversa, sem promessa, sem telefonemas... sem nada. Mulheres que ele encontra em um site específico de relacionamento. Eu odeio mentiras, mas o advogado Andrew é pior que eu, ele abomina, rompe qualquer relacionamento se descobrir que mentem para ele, isto o tira do sério, literalmente acaba com ele.

Cansado do site que utiliza visita outro exclusivo de profissionais advogados e que serve apenas para tirar dúvidas ou trocar experiências sobre a profissão. Porém Andrew se depara com “Alyssa” que conversa sobre questões e dúvidas relacionadas a peças processuais, ele vai sanando suas dúvidas. Começam a conversar mais e mais, e acabam por estabelecer um tipo de amizade, trocam telefones e só se falam por telefone e mensagens. Tem mensagens e telefonemas engraçados e bem safadinhos entre um papo sério e outro. Ele se abre contando suas aventuras sexuais e ela tem um ótimo senso de humor, fala do seu sonho de ser bailarina, independente do Direito e um pouco do relacionamento um tanto conturbado que tem com o pai e a mãe que são advogados e desde que ela criança, nunca foram tão presentes como deveriam.

Neste meio tempo ele fala seu nome verdadeiro, mas ela não. Como eu disse acima ele é o tipo de pessoa que não perdoa mentira em hipótese alguma, mas esconde um segredo e não saberemos o que é neste livro, mas suponho ter sido algo devastador. Tudo vai bem até ele participar das entrevistas que selecionará estagiários para o importante escritório de advogados, do qual é um dos sócios e uma candidata, totalmente seu tipo, mexe com ele. Ela responde às perguntas, mas ele acaba reconhecendo as respostas, pois fizeram parte dos papos que tinha com Alyssa e fica furioso... Ops... Alyssa, é Aubrey Everhart, OMG!!! Começa uma verdadeira guerra e ela até então não sabe que o Sr Hamilton é Andrew... Andrew Hamilton.

No começo não simpatizei com Andrew Hamilton é o tipo rude e grosseiro propositalmente e em minha opinião nada justifica isto. Fiquei com a impressão de que ele usa a mulher e descarta, acha que acaba se redimindo dessa total falta de compromisso porque paga um jantar caríssimo, leva a acompanhante para a melhor suíte do melhor hotel e depois de transar simplesmente vai embora, mas ele se surpreenderá com uma mulher que quer castigar e dominar, mas ela é das minhas e apesar de em alguns momentos mostrar certa fragilidade não pensa duas vezes para mandar ele se ferrar, mesmo sendo o chefe dela, adoro isto em Aubrey.

Achei a escrita da Whitney Gracia Williams direta, sem rodeios e pudores, ela sabe envolver o leitor na trama. A diagramação é perfeita, a capa está em total sintonia com a trama e representa muito bem o poder de Andrew Hamilton que no prólogo recebeu uma praga de uma de suas acompanhantes e torço para que se cumpra, mas você só saberá lendo o livro. O livro é impresso em folhas amareladas que adoro, pois torna a leitura muito agradável e a gramatura do papel também é agradável ao tato. Não identifiquei erros ortográficos.

A narração em primeira pessoa na maior parte do tempo por Andrew, sendo que até a metade do livro temos algumas partes narradas por Audrey, mas sem uma marcação específica, ficando explicitado apenas nos diálogos. Da metade do livro para sempre temos a marcação de quem está narrando e aí se intercala Andrew e Aubrey. Achei fantástico o fato de os capítulos serem abertos com termos usados no Direito e com a explicação na sequência.

A minha ressalva vai apenas para o fato do livro ser muito fininho e se os outros dois forem fininhos assim, creio que poderia ter sido impresso em um único volume o que seria bacana para seres como eu que detestam ficar esperando o lançamento da continuação.

Entretanto, independente disso a obra está mais que indicada para as pessoas que gostam de romance com uma pitada acentuada de erotismo que promete uma pegada mais forte nos próximos livros. O final ficou em aberto deixando muito claro que a continuação virá e eu aguardarei mais que ansiosa, afinal quero ver onde vai dar esta relação que promete altos e baixos.

Beijos “noturnicos”!
Tânia Bueno 

21 comentários:

  1. Também não gosto de ficar esperando continuações, por isso, apesar de ter me interessado pelo livro, vou dar uma esperada pelos outros volumes.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Wow, nada sabia sobre esse romance, mas adorei o modo como começou… :) Conversar com um desconhecido, estabelecer uma amizade "virtual" e, depois, tê-lo como seu chefe é mesmo uma mudança brusca de perspectiva (rs). Só fiquei curiosa sobre o erotismo… Não tem muitas cenas de sexo, tem? Se o livro é fino, confesso que se tivessem muitas não gostaria de lê-lo.

    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não conheço esse livro. Gostei muito da sua resenha, vou pensar em procurar e ler o livro!
    Parabéns :D

    http://menteliteraria.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  4. Não sei o que pensar, quando comecei a ler sua resenha a única coisa que me saltou ao olhos é que o livro é mais do mesmo, o cara rico, lindo, charmoso e com um passado que o quebrou conhece alguém que tem condições de colocá-lo na "linha". Mesmo assim a história parece ter algo novo e um diferencial, não sou muito fã de livros hot, mas acredito que daria oportunidade a esse romance para ver qual é.!

    ResponderExcluir
  5. Olá querida. Meus parabéns pela resenha!
    Achei a premissa interessante e para mim os personagens pareceram bem cativantes. Mas não sei se leria, no momento não. Quem sabe futuramente dou uma oportunidade e outra coisa que me desanimou foi o fato de ter continuação, então, lerei bem futuramente mesmo.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  6. Ooi!!

    Realmente é um livro com poucas páginas não há necessidade de ter varios livros.
    Achei os nomes parecidos Andrew e Aubrey hahahah. Sobre o enredo parece ser mesmo ótimo. Trabalhei em uma empresa de advocacia então conheço alguns termos e acho muito legal ver essa temática nos livros.
    Capítulos alternados também são ótimos para conhecermos melhor os personagens.

    Estou fugindo de série então vou deixar para ler mais para frente.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Achei a sinopse interessante, assim como sua resenha, mas esse gênero não faz muito meu estilo, então vou deixar a dica passar dessa vez. A capa é chamativa, mas já vi melhores para livros do nesse estilo.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Tania eu li o livro e fiquei com a mesma impressão que você que ele usa as mulheres, isso não me deixou simpatizar com ele , e a forma como ele trata a protagonista quando descobre tudo. Achei a protagonista sem atitudes cedendo muito fácil a ele e deixando ele a humilhar. Em minha opinião um livro que não vou ler a continuação. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Tania, gostei da sua resenha, mas não consegui sentir interesse em ler o livro, acho que a historia não me parece muito meu estilo de leitura e nem conseguiu me despertar interesse pelo que vai acontecer com os protagonista. Espero que quem deseje lê-lo goste da leitura.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  10. Não me interessei. Pitada acentuada de erotismo é a receita para me espantar de uma leitura... junte-se a isso um cara imbecil como esse Andrew, rude e grosseiro propositalmente. Não sei quando o segredo dele será revelado, mas acho mesmo que nada justifica. Só me sentiria realizada vendo a Aubrey mandando ele se ferrar, rs, mas isso não é suficiente para eu querer ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Tania, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha, mas o livro não me interessou muito, achei o Andrew grosso e rude e machista e ultimamente não tenho andado com paciência para personagens assim. Além disso, ele não gosta de segredos, mas não é verdadeiramente sincero, já que guarda um.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  12. Ah Tania você não sabe como aprecio escrita direta atualmente. O escritor enrola tanto que chega a me dar nervoso ;w; parece que quer encher linguiça e as vezes eu canso e abandono o livro.
    Gostei da personagem não se importar e mandar o cara para o espaço, as vezes personagem boba demais que fica levando desaforo até o cara se tocar que e um babaca é chato demais.
    se eu for ler esse livro espero gostar assim como vc ^^
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  13. Acha mesmo que vão imprimir volume único se podem fazer o povo gastar com 3 volumes diferentes? rsrsrs
    Quando vi na sinopse que juntava Direito e dança, achei que essa teria um papel maior, mas pela sua resenha é só o sonho da personagem de ser bailarina. Fiquei decepcionada. Poderia ler, mas não tô muito animada não.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Taninha, sua linda, tudo bem
    Maldade dessa autora em não contar o que aconteceu com ele no passado. Achei que ele exagerou, pois eles se conhecem em um site que pelo o que eu entendi, ninguém precisava dar seu nome verdadeiro, logo ele não foi enganado, ela não mentiu. Ele ao acessar o site sabia disso. Estou prevendo que o passado dele foi doloroso, tenho certeza de que iria me emocionar ao descobrir. Mas Taninha, apesar de adorar sua resenha, dessa vez a história não me tocou.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie, Tania!
    Eu não leria. Não gosto de romances, em especial os eróticos, e a premissa realmente não me chamou atenção (mesmo eu amando dança e sendo universitária de Direito hahahah). Gostei da sua resenha, no entanto. Ah, e sobre livros finos: </3
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Olá, Tânia!

    Eu gosto de ler literatura romântica erótica nos meus tempos livres, porém não posso dizer que me impressionei muito com o enredo apresentado na sinopse desse livro. Parece ser um livro divertido, mas não me interessei muito para começar a ler em breve. Entretanto não descarto a possibilidade de ler ele no futuro, acredito que consiga ler em um final de semana livre :)

    Luz e literatura!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Tania, tudo bem??
    Hum... parece que essa história é daquelas quentes e com humor... já de cara adorei a Alyssa... ela é das minhas... se tiver que mandar o cara se ferrar manda mesmo sem medo de ser feliz... a premissa da história até me chamou atenção, mas não faria essa leitura nesse momento... eu gosto muito dos livros dessa editora... são simples, mas as histórias chamam muito atenção... belíssima resenha xero!

    ResponderExcluir
  18. Oi Tania, tudo bem?

    Não sou muito chegada nesses livros com pegada mais hot. Pena que o livro é fininho, espero que os outros volumes tenham uma história mais ampla. Não é um livro que eu leria, mas que bom que a história te agradou.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi oi, como vai?
    Gostei bastante da trama, não é do tipo que eu tô acostumada a ler, mas parece ser muito bom.
    Gostei de saber que depois da metade a narrativa se divide entre os dois, acho que fica mais legal ter o ponto de vista de ambos e poder entender a história pelos dois lados.
    Também é bom saber que a leitura é fluida e a escrita da autora direta. Fiquei bem curiosa pra saber oque fez Andrew mudar e se tornar esse homem fechado...
    Espero poder ler em breve, beijão!

    ResponderExcluir
  20. Oiii
    O enredo da história não me chamou a atenção. Não sou muito fã desse tipo de livro, mas espero que os próximos saiam logo e que você aproveite a leitura.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, Tania!
    Olha, confesso que não gosto muito de hot, ainda mais com esses caras super esteriótipos, não me agradam nem um pouco. Não entendo de Direito, mas faço aula de dança, foi a única coisa com que me identifiquei no livro haha
    Enfim, adorei a sua resenha, mas não é meu tipo de leitura.

    Beijos
    Rayssa
    http://www.techtudo.com.br/tudo-sobre/periscope.html

    ResponderExcluir