slide

Cante para mim - Luciana Ramos

19 junho 2016

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Cante para mim
Autor(a): Luciana Ramos
Editora:Autografia
Gênero: Romance
Páginas: 543
Compre e Compre: Livro físico: Luciana Ramos    e-book: Amazon
Adicione: Skoob
Nota:


Sinopse: Lucca Baroni, um carioca descendente de italianos, tem uma vida bastante comum e confortável. Filho de pais ricos, resolve abandonar a faculdade de Economia e ir em busca de seu grande sonho: ser um Astro do Rock.
Após entrar na Faculdade de Música da UFRJ, Lucca cria sua banda, a Sonic Beat, que logo faz um estrondoso sucesso na cidade. No entanto, no auge de sua popularidade, e às vésperas de gravar seu novo CD, o grupo perde um dos seus mais queridos integrantes.
Eva Martins, uma paulistana radicada no Canadá, volta ao Brasil logo após concluir a faculdade de Veterinária em Quebec. Para ganhar um extra além de seu trabalho em um Pet Shop, ela resolve tentar a seleção na banda.
Acostumado a uma vida relativamente fácil e com dúzias de mulheres dando em cima dele, Lucca se vê diante da única garota que parece não dar a mínima para o seu charme: a nova guitarrista e vocalista do grupo.
De personalidades fortes, Lucca e Eva batem de frente desde os primeiros instantes em que se veem até o momento em que se descobrem completamente apaixonados um pelo outro. No entanto, os segredos do passado de Eva voltam para atormentá-la, forçando-a a deixar o país e abandonar seu namorado sem ao menos uma despedida.
Após quase nove anos, Eva retorna ao Brasil para trabalhar no único lugar do mundo onde ela jamais imaginaria encontrar o seu grande amor do passado. Ao vê-lo diante de si, Eva encontra um homem muito diferente do jovem sonhador e sorridente de anos atrás. Agora, Lucca carrega um coração pesado de amargura, pessimismo e ódio. Ódio dela; da vida; de Deus.
“Cante Para Mim” aborda temas como amor verdadeiro, amizade, ressentimentos, superação e, principalmente, fala sobre perdas e desencontros... porque, nesta existência, não são raras as vezes em que é necessário nos perdermos para encontrarmos a nossa verdadeira redenção... e retomarmos o caminho que o destino já havia trilhado para nós.

Vou começar pelo final ou pelo meio? Sei lá... Só sei que falar de um dos meus livros favoritos de 2016, talvez seja o segundo ou o terceiro favorito desse ano está sendo uma tarefa difícil, ainda que prazerosa, pois temo não ser justa ou suficientemente clara.

Gente, como é maravilhoso iniciar uma leitura e se apaixonar nas primeiras 5 ou 10 páginas lidas. Aí na sequência de mais algumas páginas descobrir que a paixão se tornou rápido demais em amor é espetacular. Será possível essa paixão tão intensa e profunda em um relacionamento tão recente? Sim, isso é possível em se tratando de Cante para mim uma obra magistralmente pensada, criada de forma tão apaixonadamente e amorosamente intensa pela escritora Luciana Ramos que já defini como uma maga das letras, uma fada da escrita e da criação de uma obra cheia de maravilhosos momentos de reflexão e aprendizado.
 
Os personagens: estes são reais demais mexeram com a minha emoção em um nível estratosférico. Conhecer as dificuldades enfrentadas para viver um grande amor, amor verdadeiro que transforma; entrar em contato com dramas e traumas tão grandes que às vezes se pensa: será que isso tudo um dia passa? Em tendo a certeza da essência de si, da essência dos sentimentos, se souber esperar e aguentar trancos tão duros que são capazes de às vezes destruir os mais fortes. Ter a capacidade de se doar para garantir a vida das pessoas que se ama pela certeza de que uma precisa da outra e que você vai amá-las pelo que são nesta vida ou na eternidade... Isso sim é a maior prova de amor.

Eva Martins – escondida presenciou um assassinato aos doze anos, perdeu o pai e a mãe que tanto amava de uma forma cruel e traumática e passou a ser caçada como um animal, pois significava uma ameaça a alguns poderosos da cidade. Levada para o Canadá onde passou a viver teve o amor do homem que a salvou e a tratou como filha, mas seu inferno continuaria com a morte do seu benfeitor e os maus tratos da esposa e filhos dele. Tudo só era aliviado com a amizade e companhia maravilhosa do amigo Alexandre, pensa em uma pessoa especial. Pensa no melhor amigo do mundo. Pensou? O Alexandre sempre foi mais que isso. 
“Sabe de uma coisa Alexandre? A gente é o que é! Desde que nos conhecemos, nós sempre falamos sobre a gente gostar das pessoas pelo que elas são de verdade. Então, meu amigo, você tem que gostar do jeito que você é. Se você é mesmo homossexual, as pessoas  têm que gostar de você assim! Eu gosto de você assim!
... Se você me aceita do jeito que eu sou, então o mundo tem que aceitar também! E se não aceitar, não tem problema! Só me preocupo com a opinião de pessoas como você. Você é a melhor amiga que eu poderia ter na vida!”  pg 275
Eva tornou-se uma mulher incrível que trabalhou em  um período e estudou veterinária em outro. De volta ao Brasil jamais pensou que o seu passado pudesse se fazer presente, mesmo tendo mudado o nome e assumido o sobrenome da mãe, ela foi reconhecida agora com 23 anos, quando passou a ser vocalista de uma famosa banda a Sonic Beat e quando ela encontrou o único verdadeiro e grande amor de sua vida,  Lucca Baroni , ela teve que partir em virtude de a vida de todos que estavam a seu redor correr risco. Deixando uma impressão não verdadeira fugiu com o amigo Alexandre para a Austrália. 

Então, prepare-se para sete anos depois, após outra grande perda, conhecer mais um retorno ao Brasil dessa mulher destemida, guerreira, independente, forte que agora tem uma filha, Ana Beatriz, Bia que tem Síndrome de Asperger. Deve ser horrível quando a pessoa está sozinha no mundo e quando mais precisa das poucas pessoas que tem, elas não estão onde se precisa e o inferno se faz presente no aqui e agora. Será que ela conseguirá sair dessa? Será que conseguirá viver ao lado das pessoas que ama? Quais são as tragédias vividas por esta mulher incrível que me presenteou com a mais linda lição de vida, de superação e de resiliência? Por que algumas pessoas vivem um inferno na terra sem ter a menor culpa de nada? Será que depois da tempestade vem mesmo a tal bonança em se tratando da vivência humana? 
“Quando alguém amada outra pessoa, ela é capaz de se sentir realmente feliz pela felicidade da pessoa amada, mesmo que isso represente sofrimento para quem ama”.
Lucca Baroni: Um deus popstar que descobre o amor nos braços de Eva Martins e no auge no sucesso da banda Sonic Beat sofre com o abandono e fuga sem praticamente nenhuma explicação de Eva. A vida dele se transforma em um caos e a banda deixa de existir, todos os integrantes tomam outros rumos na vida, mas fica uma grande mágoa pela vocalista amada que os abandonou e ela não poderia revelar a verdade. Lucca agora é um homem ainda mais atormentado que naquela época, abandonou e odeia a música, odeia a mulher que amou e a culpa pela tragédia que se abateu principalmente sobre duas pessoas que passaram a dar um novo significado a sua vida. Ele não se perdoa, o homem amável desapareceu da vida de todos, tornou-se rude, não sorri nunca e proíbe na qualquer tipo música na sua propriedade. A grande verdade é  que somente cada um sabe a dor, as perdas e o peso que carrega no peito, na mente, no corpo e na alma.

Confesso que às vezes fiquei profundamente irritada com ele que ao descobrir que a Eva Martins é a nova veterinária que cuidará do seu haras fica transtornado e a trata como um ser asqueroso. É rude, maltrata com palavras e nunca permite que ela se explique e note que Eva tenta inúmeras vezes, mas o ódio, a revolta o ressentimento, e por vezes a autopiedade o impede de ouvi-la sobre o passado e julga, condena e executa a sentença. Ele só consegue ser um pouco diferente com a presença da filha de Eva, a Bia que mostra a ele que a essência do homem que foi no passado está ali.

Uma revelação de Eva para amenizar um momento de muita dor emocional de Lucca e que deveria trazer um pouco de tranquilidade para ele e um resgate do amor que ele ainda tem por ela, faz exatamente o oposto e teve muitos momentos em que eu quis mandar este lindo homem para um lugar que você nem imagina e não cabe aqui expressar.  Penso que sempre tem explicação para tudo, não consigo entender como muitas pessoas não se dão oportunidade e não pensam que muitas coisas ou tudo na vida têm sempre dois ou três lados e que tudo merece o benefício da dúvida, esta também é uma linda lição deixada por esta maravilhosa obra da maga e fada Luciana Ramos.
“O amor verdadeiro é capaz de perdoar e curar muitas cizatrizes, Sr Lucca! (fala do querido funcionário Inácio para o patrão)”. Pag 179
Ana BeatrizBia – Minha paixão e amor por esta menina foi instantânea. Primeiro porque trabalhei e morro de amor por pessoas com algum tipo de transtorno ou deficiência, são pessoas especiais, anjos que são colocados em nosso caminho para que re-signifiquemos muita coisa, entendamos outras e quando a família delas e a sociedade acham que você está se doando para estes seres iluminados, você é que está sendo agraciada(o) com a benção de ter a oportunidade de aprender e reaprender com eles.

Com a Bia amei viver no mundo dela e a síndrome de asperger em que a pessoa tem um espectro autista, tem horror ao contato físico, desenvolve de forma fantástica umas duas habilidades e no caso da Bia não tem como não nos apaixonarmos já que ela se entrega de forma totalmente apaixonada aos livros, mesmo os mais complexos.  ADOREI acompanha-la. Outra habilidade dela é o domínio de três idiomas não pela fala, já que aos três anos de idade deixou de falar e a facilidade que ela tem com tecnologia é fantástica e esta é a forma que ela se sente à vontade e se comunica de forma livre e espontânea. Os diálogos dela com a mãe Eva e com o Lucca é demais, sua inteligência fora do comum é incrível, ela nos dá lições maravilhosas e nos faz rir muitas vezes.

Fiquei impressionada como a autora Luciana Ramos se empenhou e de forma tão didática, espontaneamente natural e linda nos presenteia com informações que contribuem para que todos entendam e se interessem por conhecer mais da Síndrome de Asperger. Não tenho palavras para expressar a minha gratidão à Luciana. Dizer que você é maga e fada eu já disse, mas o que dizer agora por trazer um tema tão importante e desmistifica-lo de forma tão envolvente e apaixonante? Ah! Meu Deus somente se você tivesse um jeito de entrar no meu coração e mente para saber, mas como isso ainda não é possível digo que meu reconhecimento à sua dedicação, à sua importante contribuição faz minha emoção ficar ainda mais à flor da pele, meu coração acelerar, pois precisamos de pessoas como você para mostrar que pessoas com algum transtorno ou deficiência tem apenas alguma limitação, não se pode enfatizar as suas limitações, mas sim as suas potencialidades e sim, elas têm potencialidades incríveis, algumas delas ausentes em mim e em você, mas presentes nestas pessoas especiais que ensinam ainda que não saibam e nem tenham a intenção, elas não são doentes, são apenas diferentes e o diferente não pode e não deve assustar ou nos afastar.
Leiam atentamente, especialmente, as páginas 446, 447 e uma fala linda da Bia adulta nas páginas 520 e 521 com uma explicação fantasticamente didática e respeitosa da síndrome de Asperger.

Não sabendo como iniciar a minha resenha dessa obra que me impactou, mudei a forma. Aqui e agora peço que você leia esta obra lindamente escrita pela Luciana Ramos, mais uma joia de escritora brasileira que tive a honra e o prazer de conhecer. Uma obra completa com começo, meio e fim que é o primeiro livro de uma trilogia que pode ter certeza, pode ser lida separadamente, pois não fica nenhuma ponta solta.

Convido você a ler esta obra que envolverá e abraçará você de forma quase que inexplicável. Este romance que trata acima de tudo do amor verdadeiro, que trata do poder da fé e da esperança e não tem nada a ver com religião, nem pense nisso.  Tem uma discussão e questionamentos da Bia sobre a existência de Deus, tudo o que esta garota maravilhosa traz faz muito sentido e tudo diante da crença de Eva na existência de um Deus que ama, ouve, ampara e acolhe, somado a tudo isso temos uma reflexão fantástica sobre o respeito à opção religiosa e escolhas das pessoas.

Os personagens foram magistralmente construídos, são reais com suas certezas e incertezas, dores e angustiam, conquistas e frustrações, alegrias e tristezas e o desejo de que o bem vencerá. O leitor acompanha o crescimento e o amadurecimento de todos os personagens, os secundários são muito importantes em tudo, tanto que se você perguntar para mim o nome de todos eles e vou me lembrar de praticamente todos, quem são e a relevância deles na obra, mesmo aqueles que apareceram uma única vez.

O título do livro tem total sintonia com a obra e quando descobri a emoção inundou meu ser, pois foi intenso demais e exala música, sem falar que a playlist é simplesmente de um bom gosto maravilhoso e como amo música e amo livros, simplesmente adorei todas as músicas que têm papel fundamental na trama, sem falar que estão em total sintonia e harmonia com tudo.

A capa penso que ela pode ter muito mais vinculação com a trama, não sei de que forma, mas lendo o livro descobrimos que têm tantas coisas importantes envolvidas que a capa poderia ser muito mais atraente do que é. Então não se deixe levar somente por ela, eu não me deixo, mas muitas pessoas deixam de adquirir uma obra pela capa, no caso de CANTE PARA MIM acredite a trama vai mexer com você de várias maneiras da primeira até a última página.

A escrita da autora Luciana Ramos como já coloquei acima é envolvente, marcante de uma forma única, ela traz o leitor para o meio do espetáculo é como se estivéssemos vivendo cada cena, todos os momentos, todos os sentimentos, queremos intervir e interagir, sacudir alguns personagens, dá bronca em outros, parabenizar outros, dar reforço positivo para eles para não esmorecerem e desistirem, vibramos com as conquistas e celebramos junto, nos surpreendemos e vibramos com um final lindo e natural que mostra que vale a pena acreditar em algo e que o otimismo é um antídoto espetacular.

Eu li o livro físico cedido amavelmente pela querida autora e tem alguns erros de digitação devido a uma falha que houve na editora, mas a autora envia uma nota explicativa e faz as devidas correções, mas o livro digital está sem erros.

Aqui vale até um recadinho para as pequenas editoras para terem mais cuidado com a revisão de seus CONTRATADOS porque isso marca negativamente o nome e a imagem da editora. Entendo que o papel do EDITOR é editar o livro e não apenas fazer cópia deles, não é mesmo? Afinal, apenas fazer cópias é papel das gráficas e não de uma editora comprometida e séria. #ficaadica

Pessoas que chegaram até o final da minha resenha, conheçam esta obra e me ajudem a divulga-la para que alguma editora comprometida com a literatura de qualidade, que valoriza o esforço, a competência e a capacidade imaginativa e criativa de autores(as) como a Luciana Ramos publiquem Cante para mim e outras obras da Luciana

Pessoas amadas me perdoem pela longa resenha. Li e reli cortei e reformulei, mas ainda assim ficou longa. Só posso dizer leiam esta obra e não posso de dedicar a vocês, pessoas especiais, alguns trechos maravilhosos:
“Alguém certa vez me disse que nós nunca podemos fazer um novo começo, mas sempre podemos mexer no nosso presente para fazermos um novo final” (reflexão do Lucca – pág. 432)
“Quando alguém amada outra pessoa, ela é capaz de se sentir realmente feliz pela felicidade da pessoa amada, mesmo que isso represente sofrimento para quem ama”.
“Eleger um culpado para apontar o dedo, julgar e punir não acalenta a nossa dor. Isso não resolve nada.”
“Já que nessa vida tudo era tão impermanente, talvez existisse um lugar onde a alegria seria eterna e onde o amor pudesse reinar sobre tudo e sobre todos para sempre” (eu Tânia acredito nisso).
“Bia -  sobre o verbo ser: ele não nos define com exatidão. A nossa imagem para o mundo é apenas o nosso ego; não a nossa essência (nossa alma, nosso espírito, nossa energia interna... enfim, nomes diferentes para uma mesma ideia)”.
É isso! Uma aventura maravilhosa para mim foi o mergulho delicioso no universo de CANTE PARA MIM que está mais que indicado um milhão de vezes. Este é o meu terceiro livro favorito de 2016.


Sobre a autora:
Luciana Ramos é pernambucana e mora em João Pessoa (PB) desde os 5 anos de idade. Formada em Direito, é pós-graduada em Direito Administrativo e Gestão Pública, e possui um MBA em Gestão Empresarial. Atualmente, é servidora efetiva do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba e escreve nas horas livres. Tem como grandes paixões a Literatura, o Cinema e a Música. Adora ler, tocar violão, meditar, assistir a filmes e seriados, acompanhar canais no You Tube e viajar. 





Beijos melodiosos!
Tânia Bueno

28 comentários:

  1. Tânia, minha querida: Ler esse texto me deixou extremamente feliz, grata e emocionada. Feliz, por saber que você curtiu meu livro (se encantou por ele, com toda sinceridade, e o usou como um bom entretenimento). Grata, por você se dar ao trabalho de fazer uma resenha tão caprichosa com o simples propósito de levar boas indicações para suas leitoras e de ajudar escritores nacionais que estão travando suas batalhas no Mercado Literário. Emocionada, porque sou chorona mesmo (kkkk). Nesse pouco tempo em que vivo nesse cenário, tenho feito várias amizades. Laços que vão se solidificando e se tornando especiais, mesmo apesar da distância. Tenho tantas pessoas a quem agradecer (leitoras, principalmente... mas não daria para citar alguns nomes em detrimento de outros). Nesse momento, gostaria de deixar meu "muito obrigada" a quatro pessoas em especial: Aurilene Vieira (Blog Sempre Romântica), Rosângela Alves (Blog Leitora em Ação); a você (Blog Faces da Leitura); a Juliana Teixeira. Sempre amei cachorros porque as pessoas têm um poder enorme de machucar umas as outras. Mas, no fim das contas, nos surpreendemos com certas atitudes (como a sua, por exemplo). Atos de bondade realizados pelo simples prazer de ajudar o próximo. Então, por mais que ame meus cachorros, são as pessoas que sempre me encantam e me fazem continuar tendo fé nessa RAÇA tão contraditória, capaz dos gestos mais singelos e das atitudes mais mesquinhas. Fico muito grata por sua amizade e por todo apoio que tenho recebido desse seu CORAÇÃO ENORME. Fica com Deus, amiga. Um abraço bem apertado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa mais linda, Lu!! Agora você me pegou e me emocionou, sabe de uma coisa a vida nos presenteia com pessoas especiais que chegam de mansinho e quando entram em nosso coração e vida é para sempre. Sou feliz por fazer parte desse seu momento e de juntas podermos promover esta maravilhosa história que sempre será CANTE PARA MIM! bjks

      Excluir
    2. Estou doida para ler o livro da Lu. MAS a resenha da Tânia já deixou claro que eu vou gostar.

      Excluir
  2. Oi Tânia.

    Não fique preocupada com a resenha ter ficado longa,principalmente quando adoramos uma história e ela consegue envolver e mostra que o livro vale a pena conferir. Adicionei na minha lista de desejados.

    Bjos
    Histórias Existem Para Serem Contadas

    ResponderExcluir
  3. Gosto das suas resenhas porque por mais que sejam longas, são divertidas e logo lemos! amei a resenha e com toda certeza quero ler esse livro.

    bjs lyh


    Blog Rascunhos da Lyh

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Não me lembro de ter visto este livro antes, mas você já me fez querer lê-lo. Não sei por que, mas eu adoro histórias um tanto trágicas...hehe' e a da Eva parece ser uma personagem bem sofrida, e eu também já gostei do Alexandre (e do Lucca também). Adorei a capa do livro ♥ Fico feliz em saber que você gostou tanto da história, espero gostar bastante também :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Tania, tudo bem???
    Quanto tempo não passo aqui no seu cantinho e que layout mais lindo que tens aqui... parabéns ficou maravilhoso e sua carinha... quero te dar os parabéns por essa resenha linda e maravilhosa que escreveu... para fazer algo assim, significa que o livro te tocou profundamente, fazendo com que as palavras transbordassem no lugar dos seus sentimentos... imagino que a escrita da autora seja envolvente a ponto de você favoritar o livro... personagens bem desenvolvidos dão brilho a obra... acredito que logo a autora encontrará uma editora que faça jus a sua obra... porque depois dessa resenha e a premissa do enredo acredito que ela mereça demais.... amei estar aqui e ler essa resenha linda... parabéns minha linda.. suas palavras transbordaram em mim... Xero!

    ResponderExcluir
  6. Olá Tania,
    nossa que história envolvente e com um que de drama com romance. Adorei. A temática do livro me animou bastante e saber que a autora ainda traz o TEA (transtorno do espectro autista) me fez querer ler ainda mais.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos,
    www.embarcandonaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ooi
    Não conhecia a autora e nem seu livro, mas só por essa resenha já me interessei haha
    O livro parece ser ótimooo, espero ter a oportunidade de ler ele algum dia.
    Ótima resenha Tania!

    Beijoos
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Impressionante como o livro te cativou! Fiquei emocionada lendo a resenha, pelo visto Cante para mim é uma obra tão especial, encantadora e bela, que vai conquistar inúmeros leitores. Eu particularmente gostei da proposta, confesso que não leio muito livros desse estilo, mas seu entusiasmo me deixou animada e acredito que vou me emocionar demais. Enfim, espero poder ler Cante para mim um dia!

    ResponderExcluir
  9. Livros que abordam a Síndrome de Asperger costumam me tocar muito. Adorei saber que você se apaixonou logo de cara, e que a paixão acabou se tornando amor e transformou o livro em um favorito! Personagens reais que mexem com as nossas emoções são essenciais para me fazer gostar de um livro, e fico muito feliz por saber que isso também está presente. Não tenho problemas com essa capa, mas com certeza ela poderia sim ser mais atraente.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Olá! Uau! Que bom que amou o livro já nas suas primeiras páginas! Adoro personagens reais e com histórias fortes. Se forem permeadas de drama, então, é comigo mesmo! Que ótimo saber que a escrita da autora é envolvente, adoro quando o autor me conquista pela forma da escrita, além da história, é claro! Adorei conhecer um pouquinho sobre a autora também!

    Abraço!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    A capa e a premissa do livro são linda! Mas foi a sua resenha que me despertou vontade de conhecê-lo. Que resenha linda, tão apaixonada! Tenho certeza que irei adorar lê-la e já a coloquei na minha listinha de desejos.

    Um beijo enorme!

    ResponderExcluir
  12. Olá, adorei a resenha...bom saber que você curtiu tanto a obra, isso deixa os leitores mais ansiosos e curiosos pela leitura. Eu não conhecia o livro, mas já estou anotando a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. O livro tem uma proposta bem legal e você falou tão emocionada que realmente nos deixa com vontade de ler. Fiquei bem curiosa com a história desse casal, principalemtne com a história de Eva. Abordar a Síndrome de Asperger é bem legal, muta gente não entende sobre isso e acho uma cartada certeira da autora.

    ResponderExcluir
  14. Oi Tânia!!
    Olha a capa já tinha me ganhado, aí veio a sinopse e me conquistou, mas quando comecei a ler suas considerações soube de imediato que ter esse livro é uma obrigação para 2016! História linda, personagens fortes, romance meio clichê, e lições de vida? Dica anotada e já com 5 estrelas garantidas!!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  15. Oi Tânia!!
    Comecei a ler a sinopse e comecei a amar o que estava lendo na metade dala murchei, aí fico supertriste com livros assim rsrs!!
    Aí fui lendo sua resenha achando que não podia ficar pior e as coisas ficaram piores ainda do que eu pensava a garota sofre o pão que o diabo amassou, Deus é mais!! E ainda tem toda a situação com o Lucca e com a Bia!!
    é muito sofrimento por livro só, mas você amou e favoritou, quem sabe eu não leia né?

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  16. Oi Tania,
    Essa obra pareceu ser linda. Adoro histórias de amor e a luta das pessoas para ficarem juntas. Não conhecia esse livro, mas fiquei encantada.
    beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, Tânia! Para de se preocupar se a resenha ficou grande! Quando a gente gosta do livro quer mais falar dele pra sempre, super te entendo! A Luciana é um amor de pessoa e esse livro pe lindo... A capa é singela e concordo com você que o título combina bem. Nem vou me estender falando da história linda, que também super recomendo! Sua resenha ficou emocionante! Parabéns!

    ResponderExcluir
  18. Oi Tânia...
    Eu acho que aqui temos um conjunto perfeito...
    Capa linda, sinopse envolvente e uma resenha incrível.
    Simplesmente adoro quando me deparo com resenhas apaixonadas como a sua.
    Não conhecia o livro, mas anotei já a sua dica.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  19. Oi Tânia, acho que o drama da história não iria me conquistar, apesar de gostar muito do gênero a protagonista me parece sofrida demais e isso as vezes acaba me irritando. No entanto gostei da abordagem da doença na narrativa e isso talvez me convencesse a ler. Que bom que vc gostou tanto assim, mas a parte clichê não me convence tbm

    ResponderExcluir
  20. Oi, Tânia!
    Não se preocupe se a resenha ficou muito grande. Quando comecei a lê-la fiquei tão envolvida com o que você ia contando que nem notei.
    É tão incrível ver como você é dedicada com suas resenhas, sério, eu adoro a forma como você tenta colocar o leitor ao máximo dentro do livro, mas sempre tomando o cuidado de não soltar spoilers. Eu odeio spoilers. Também tento ser o mais empenhada o possível com as minhas resenhas. Você merece meus parabéns por sua sinceridade, tem blogueiras que deixam de ser sinceras com o livro só por ser livro de parceiro e isso me irrita profundamente. Nesse momento estou fazendo uma lista de livros que pretendo levar na próxima compra e, depois dessa premissa, Cante Para Mim entra nela com prioridade, principalmente por ser nacional.

    Beijinhos da Mady.
    http://mdl-magodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Cara que livro lindo, que história linda, essa sinopse me fisgou de uma certa maneira avassaladora, super quero ler, não conhecia a obra nem a autora.

    ResponderExcluir
  22. Oi Tânia, tudo bem?
    Outro dia eu estava olhando o catálogo da Autografia e alguns títulos tinham me agradado, principalmente o Cante Para Mim, pena ser mais uma editora descuidada com as edições que publica...
    A sua resenha me convenceu a ler o livro, mas vou procurar o ebook, desejo todo o sucesso para a autora, fico feliz que estão sendo produzidos livros com qualidade na escrita aqui no nosso país.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Oie...
    Acredito que se não tivesse lido sua resenha provavelmente esse livro poderia passar despercebido por mim em uma livraria, porém, ao ler sua resenha fui envolvida por toda a magia do livro e não exagero em dizer que fiquei apaixonada pelos personagens... E olha que nem li o livro, heim? Rsrsrs
    Adoro quando os autores criam personagens reais e bem construidos, pois, isso facilita em muita a aproximação do leitor para com o personagem.
    Beijos e parabéns pela maravilhosa resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Gostei muito da sua crítica, principalmente a análise dos personagens: parece ser um livro muito bem escrito e profundo, já coloquei na minha lista de leitura. Abraços.

    ResponderExcluir
  25. Olá! Que livro maravilhoso! Amei a sinopse, a resenha e quero muito lê-lo. Já me apaixonei de cara depois desta resenha. Eu to meio que sem palavras pra descrever o que eu já sinto pelo livro.. Rsrsrs.. Genial parece ser uma boa descrição. E quero muito conhecer esta história.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi Tânia!
    Que resenha incrível! Eu adoro livros que juntem romance e música, ainda mais se forem bandas, e só por isso eu adoraria ler. Mas depois de tantos elogios, fiquei bem empolgada e quero ler com certeza!
    Bjs!

    ResponderExcluir