slide

Seduzida por um guerreiro escocês - Maya Banks

30 agosto 2016

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Seduzida por um guerreiro escocês
Autor(a): Maya Banks
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance de época
Páginas: 338
Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:

Sinopse: Eveline Armstrong é imensamente amada e protegida por seu clã, mas as pessoas a consideram diferente, pois apesar de ser linda e encantadora, a moça sofreu um acidente que lhe causou sequelas não só psicológicas, mas também físicas, visto que ela ficou surda. Satisfeita com sua vida reclusa, ela aprendeu a ler lábios e permitiu que o mundo a enxergasse como uma tola. Contudo, quando um casamento arranjado a torna esposa de Graeme Montgomery, integrante de um clã rival, Eveline aceita seu destino - despreparada para os deleites que viriam. Enredado pelos mistérios de Eveline, cujos lábios silenciosos são cheios de tentação, Graeme vê seu casamento ameaçado devido às rivalidades entre clãs e agora deverá enfrentar inúmeras adversidades para salvar a mulher que lhe despertou tanto amor.
FAN-TÁS-TICO? Sim.

ES-PE-TA-CU-LAR? Sim

Mas, é muito mais que isso. 
O que posso dizer de um livro que me surpreendeu de uma forma única desde as primeiras páginas? Que ele é simplesmente apaixonante e envolvente e não por acaso se tornou de cara no meu livro favorito e com certeza fará parte do meu Top 10 de 2016. Um livro que certamente relerei em breve, pois não me cansa e penso que sempre que o reler será como voltar a algum lugar que amo demais.

Este é o primeiro livro que li da Maya Banks, autora já conhecida de muitas pessoas pelos romances hots e se você faz parte desse grupo, ou se não a conhece por não curtir romance hot, invista e conheça SEDUZIDA POR UM GUERREIRO ESCOCÊS e a autora que se focou essencialmente nesse romance de época de tirar o fôlego. Este livro me seduziu pelo romance, pelo fato de a autora tratar a questão da deficiência auditiva de forma tão respeitosa enaltecendo as competências e a inteligência da personagem, mas a autora trouxe o mito e o  preconceito com os quais eram tratadas as pessoas com alguma deficiência que eram consideradas “defeituosas”, “uma maldição”, “castigo de Deus” “obra do diabo”, etc. Então, imagine a dor das pessoas que além disso, quando com deficiência auditiva, eram consideradas loucas.
Eveline Armstrong era uma pessoa sem qualquer problema, vivaz, alegre, uma jovem que adorava cavalgar, mas um dia ao cair do cavalo permaneceu desacordada por alguns dias e quando acordou o mundo estava silencioso, isso a assustou e somente depois de algum tempo chegou à conclusão que não estava louca, mas sim não escutava mais e não escutando não falava e desenvolveu a habilidade de ler os lábios o que lhe favorecia no sentido de saber exatamente o que pensavam dela e o que dela falavam. 

Antes do acidente Eveline foi prometida em casamento para Ian, filho de um amigo dos Armstrong que literalmente é um lobo vestido em pele de cordeiro, na frente da família da jovem se mostrava um verdadeiro cavalheiro, mas para Eveline sempre mostrou seu lado mais sombrio o que a apavorava. Apesar de revelar o fato para o pai ele não acreditou achando que ela estava apenas com receio de ter que ir morar em outro território. O acordo de casamento foi desfeito, pois após o acidente ela encontrou um mundo totalmente silencioso ao qual ela ia se adaptando aos poucos, sua família achava que o acidente afetara sua cabeça e se apegando a isso ela deixou que esta crença seguisse, não desmentiu e se manteve assim para evitar o casamento. Aceitou o julgamento das pessoas que a consideravam louca.
Protegida pela família tudo vai indo bem até que três anos após o acidente o rei Alexandre II temendo que por mágoas passadas com grandes perdas de ambos os lados os dois maiores clãs entrem em guerra em algum momento, pois um odeia o outro com todas as forças, assim o rei decide que o líder Graeme deve se casar com Eveline e dessa forma a paz seja restabelecida entre os Armstrong de Eveline e Montgomery de Graeme. Logo no primeiro contato Eveline fica assustada, mas mesmo não ouvindo ela sente uma sonoridade quando Graeme fala e isso a encanta e a faz se questionar se algum dia ouvirá a voz dele. Este lindo homem também se encanta com a garota que desposará, mas como é “louca” sabe que nunca consumará o casamento. E é muito engraçado o que Eveline apronta para mostrar a que veio e que não é louca. Já nas terras do marido, todos a acham uma intrusa e ela passará muitos perrengues, mas terá sempre a proteção de Graeme e da irmã dele que é uma menina a frente do seu tempo e que de cara simpatiza com Eveline por ela ser ela mesma, mas também pela possibilidade de pregar algumas peças no irmão. 

Existem momentos que mexeram muito comigo, pois a determinação de Eveline é uma coisa linda, ela não se rende e reage à sua maneira e quando o faz algo acontece que é absolutamente emocionante e que mudará todo seu futuro.

Em um mundo altamente machista encontrar um homem como Graeme que dá espaço para Eveline se redescobrir e a apoia como senhora absoluta do clã, indo contra todos que rejeita sua esposa, isto para mim é uma grande prova de amor, embora em nenhum momento eles tenham admitido sentir este nobre sentimento e se questionam o tempo todo sobre o que um sente pelo outro. Tudo muda quando Graeme percebe que Eveline não é louca e isso o deixa aliviado, pois o sentimento que nutre por ela é real e nobre e sim poderá amar esta mulher e protege-la sem sufoca-la.

Ah! Não posso deixar de mencionar que Graeme é um homem justo, sensato que tem como meta garantir a segurança e o bem estar do seu povo e cuidar da irmã Rorie que é uma personagem que se destaca desde o início da obra, sempre assessorado por seus dois irmãos Teague e Bowen que são fiéis companheiros e a princípio respeitam Eveline por ordem do irmão mais velho, mas depois descobrem a pessoa incrível que ela é.

Este livro é um dos meus favoritos de 2016 e conhecer a escrita da Maya Banks por ele foi demais, uma escrita leve, fluída e envolvente. Ela soube construir magistralmente cada personagem até o vilão que nos dá asco e uma vilazinha que apronta demais. Esta obra tem ação, romance lindo, tem ação mais para o final e um senso de justiça impressionante. Poder ver o mundo através de uma pessoa com deficiência auditiva foi muito muito legal, pois foi uma sacada muito interessante por parte da autora. 

A Universo dos Livros é uma editora amada e mais uma vez me surpreendeu com este romance de época maravilhoso. Adorei a capa e o título totalmente em sintonia com o todo da obra que deixou meu coração cheio de amor e com batidas mais retumbantes, livro mais que recomendado e já estou ansiosa pelos próximos já que este é o primeiro da Série Montgomery e Armstrong

Um beijo de época em vocês!
Tânia Bueno

24 comentários:

  1. A capa é bem linda mesmo, e se interliga muito bem com o título da obra. Sou um daqueles que não sente muita ligação com romance de época, mas com sua resenha fiquei com uma doce vontade de ler ao livro. Esse tipo de livro mostra muito bem sobre os poucos espaços que a mulher tinham por direito, e quando uma pessoa ficava com alguma deficiência esse espaço sumia de vez.
    Fiquei encantado pela Eveline, e por ela mesmo passando por certas circunstâncias continuou lutando. Vou anotar esse livro, e quem sabe comece por ele a ler romance de época e acabe gostando.
    O Pequeno Leitor

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Conheço a Maya Banks pelos seus romances eróticos. Adorei todos os livros dela que li.
    É uma baita surpresa ver que ela escreveu romance de época. Fiquei bastante curiosa para conhecer a história de Eveline. A premissa é interessante, e o fato de ser de época e escrita por uma autora que eu gosto, aumenta ainda mais a curiosidade.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Tânia, tudo bem?
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro, acho a capa linda e a história muito interessante.
    Eu até tentei ler a trilogia Breathless, mas acabei odiando...rsrsrs. Mas eu adoro um bom romance de época e sua resenha está ótima, então eu vou dar mais uma oportunidade para ela e espero não me decepcionar.
    Ótima resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Amo romances de época e fico extremamente feliz que o livro seja fantástico.
    Ainda não conheço a escrita da autora, mas esse livro já está na minha lista de leituras! Mal posso esperar para saber como irá acontecer essa disputa entre clãs!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse, não sou muito chegada em realizar leitura de romances de época, por isso irei pular a dica, mas a sua resenha está um arraso <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Nossaaa!!! Pelo visto você gostou mesmoo do livro né?! Na verdade eu nunca tinha visto esse livro, mas já to mega curiosa para ler e conhecer a Eveline, conhecer um pouco da sua determinação. Já adicionei o livro na lisa de desejados.
    Bjs

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Estou numa fase que a maioria dos livros que leio são nesse estilo. Amei a resenha e fiquei muito curiosa para ler o livro, e já estou apaixonada Graeme (haha).

    Abç

    ResponderExcluir
  8. Olá Tânia!
    Amo romances históricos e fico feliz em saber que as autoras estão superando cada vez mais na escrita. Eu li comentários maravilhosos a respeito desse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler. Tenho curiosidade pelo fato de falar da deficiência auditiva e também por ter vilões, o que é bem diferente. Com certeza vou ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Acredita que até hoje nunca li nada da autora. Já vi que ela é elogiada por vários leitores, mas ainda não tive a oportunidade de prestigiar um de seus trabalhos.
    A capa deste livro é linda! Quem sabe não começo por esse, mas uma coisa meio que me deixa em cima do muro, é o primeiro de uma série, e eu estou fugindo de séries no momento, principalmente essas que estão começando. Tenho que completar as que eu tenho por aqui *-*

    Bjux ;)
    entrelinhasalways.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Tânia!
    Uau, esse livro te conquistou mesmo hein?
    Adoro quando a personagem feminina é forte e determinada assim, parece que ela acaba nos inspirando mais ne? A levantar e fazer algo, lutar contra o mundo.
    Não conhecia o livro, mas agora já sei que preciso lê-lo logo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, eu adorei a sua resenha e achei a capa do livro linda, mas não sou chegada a romances de epoca, pois não fazem o meu estilo, por isso, vou deixar passar a dica dessa vez.
    bjus

    ResponderExcluir
  12. Nossa, saber que é um dos livros favoritos do ano e ler sua resenha bastante empolgada me deixou MUITO curiosa para conferir a obra. Eu adoro romance de época, mas da autora só li romance hot, então estou ansiosa para ler o livro. Tenho certeza de que irei gostar.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  13. Olá amore..
    Nossa que belezura de livro... to mega curiosa pra ler... a começar por essa capa que coisa mais linda... Seguindo pela história de vida da personagem... que muito me chamou a atenção.
    Me instigou muito a história dela, também pelo fato de você mencionar que a história dela mexeu contigo...
    Ah... adoro a Universo dos Livros
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá Tânia, tudo bem?
    Nossa que legal autora ter colocado uma personagem principal surda, gostei muito da premissa, a capa é lindíssima.
    Confesso que se não tivesse lido a sua resenha não cogitaria muito ler que ando meio cansada de hot, mas as minhas perspectivas mudaram muito conforme fui lendo.
    Com certeza vou ler sim é vou indicar para uma amiga que é leitora, autora, bailarina e surda... É a cara dela esse romance.

    Beijos e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  15. Olá! Nunca li nada da Maya e acho que vou começar por esse. Lindo seu texto! E que história é essa? Enquanto lia, já ia imaginando todo o cenário e personagens na minha mente. É uma história diferente das demais, é foi isso que chamou atenção. Lerei com toda certeza! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Sua resenha me deixou morta de vontade ler. Amei e anotado.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi Tânia!
    Deus do céu, que livro é esse? Confesso que não conhecia mas já fiquei encantada com o enredo. Claro que o fato de ter um escocês já um super atrativo, mas uma mocinha que luta pelo que quer e persevera diante dos problemas já é o suficiente para me atrair.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Olá! fico tão feliz quando leio uma resenha em que a pessoa gostou tanto assim do livro!!! é difícil um livro ser espetacular desde as primeiras páginas. Quando vi a capa, não imaginei um romance com cenas hot! Adoro personagens determinadas e Eveline me conquistou através do que você falou dela. Parece uma grande guerreira! Se a leitura é leve e fluida, o livro é candidato a ir para minha lista de leitura. Valeu a dica!
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Genteeeeeee, que lindeza de livro.Tinha visto a galera falando sobre ele, mas não tinha parado pra saber mais sobre a história. O "príncipe" dessa história me lembrou o Duque do livro Romance com o Duque, super protetor, só que era o contrário, ele que tinha uma deficiência após um acidente, ele era cego.Queeeroo demais esse livro, necessito <3. Amei a sua resenha, muito bem feita. Muito tempo que não vinha aqui, adorei voltar aqui.


    bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi Taninha, sua linda, tudo bem?
    Não faz isso, você já começa me intimando a ler o livro, pois é impossível resistir depois de saber que é mais do que fantástico e espetacular. Eu não sabia que a autora iria trabalhar o tema da deficiência auditiva e estou impressionada em descobrir que ela era vista como coisa demoníaca ou um castigo divino. Nossa, já fiquei tocada com a atitude dele em se casar com ela mesmo pensando que ela era louca e defende-la e protegê-la. Impossível não se apaixonar por ele. E a irmã dele? Nossa, não sabia que poderia gostar tanto desse livro. Já tinha visto alguns elogios, mas agora fiquei louca para ler!!! Amei!!! Adorei sua resenha!!!
    Beijinhos.
    Cila.

    ResponderExcluir
  21. Meu Deus, eu que sou fã declarada de romance de época estou DOIDA por esse livro. Sua resenha só me fez ficar mais doida ainda. Quero ele now, pra também dizer que é espetacular. Adorei <3
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    Conheço a autora dos seus livros eróticos, apesar de ainda não ter lido nenhum. Não gosto do gênero hot e por isso nunca me interessei, mas fiquei extremamente curiosa com esse livro, que parece ser muito fofo e a história parece ser muito bonita. Vou adicionar os livros que eu quero ler.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  23. Oi Tânia, como não sou fã de eróticos até hoje vinha evitando a autora, mas aí vi esse livro e não sei bem, controverso ao que eu disse antes eu amo romances de época, desde que sejam bem construídos então obviamente fiquei curiosa com esse, principalmente pela particularidade da protagonista, vou procurar saber mais sobre ele e quem sabe ler em breve

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Conheço a autora devido aos livros hot, mas não tive oportunidade de conferir, pois já estava um pouco saturada. Não sabia que a autora estava com livros de época e achei a premissa interessante e diferente. Imagino o susto que a coitadinha levou, mas que bom que o homem a respeita, já ganhou pontos comigo. Sua resenha me deixou empolgada para ler essa obra, já irei colocar aqui na listinha de desejados e espero gostar!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir