slide

O mais desejado dos highlanders - Maya Banks

30 novembro 2016

Resenha por: Tânia Bueno
Título: O mais desejado dos higlanders #2
Série: Montgomery e Armstrong
Autor(a): Maya Banks
Editora:Universo dos Livros
Gênero: Romance de época
Páginas: 400
Compre e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota:

Sinopse: Genevieve McInnis está presa no castelo McHugh, no cativeiro de um líder cruel que tem grande prazer em mantê-la distante de qualquer outro homem. Mas, quando Bowen Montgomery invade os portões em uma missão de guerra, Genevieve redescobre a vontade de viver. A sensualidade robusta de Bowen atiça nela uma sensação profunda que anseia por ser prolongada mediante carícias pacientes e gentis. Algo quente, louco e tentador. Bowen toma conta do castelo de seu inimigo, despreparado para a misteriosa e reclusa mulher que captura seu coração. Ele está encantado com sua determinação feroz, sua beleza incomum e sua força silenciosa e infalível. Contudo, para cortejá-la, será necessário mais do que a habilidade de um sedutor experiente. Ele descobre que amar Genevieve significa devolver a liberdade que lhe foi roubada, mesmo isso que signifique perdê-la para sempre.
O que você faria pelo amor da sua vida, pela pessoa que você tem certeza que representa praticamente seu próprio coração? Estou falando de um homem em relação a uma mulher.
Você escolheria o seu amor, daria a este amor a proteção e felicidade que não tem e deixaria a família que você tanto ama?
O que você faria se tivesse seus sonhos roubados, seu corpo mutilado, sua autoestima destruída, sua virtude ultrajada?
O que você faria para se livrar de violência de toda sorte e de humilhações constantes?

Em mais este maravilhoso romance de época, o segundo da série Montgomery e Armstrong Maya Banks me presenteou com uma trama simplesmente fantástica, cheia de aventura, com temas altamente complexos como machismo, subjugação da mulher por um crápula que já havia aprontado no livro 1, Ian McHugh que impingia medo em todos e que teve o que bem merecia no livro 1  - Leia resenha - Seduzida por um Guerreiro Escocês que conta a história de Eveline e Graeme, mas neste livro encontramos mais barbáries feitas por este infeliz que sempre recebeu o apoio do pai e não me importa se este o fazia por medo do filho ou não, é tão crápula quanto o filho, pois quem cala consente.

Então, minha gente, prepare-se para conhecer Genevieve uma mulher que acreditava ter tido sua vida 100% roubada para sempre, respirar era somente uma condição, já que sua alma estava morta, enfraquecida. Ela pertencia a um honrado e poderoso clã, filha única amada por sua mãe e pai e por todo clã. Quando estava a caminho do prometido marido com os guerreiros que faziam parte de sua comitiva caíram em uma emboscada preparada por Ian que no passado foi rejeitado por Genivieve em um evento na corte. Na emboscada todos os guerreiros foram mortos e Genevieve preservada para ser tratada com todo tipo de violência e humilhação. Para garantir que ninguém olharia para ele, o diabo do seu algoz fez marca horrorosa em seu rosto e que após a cicatrização despertava susto em todos que a olhava, como se tudo isso não bastasse, a moça era tratada como uma prostituta, violada em todos os sentidos. Diante desse quadro ela prefere que sua família e o seu clã inteiro acredite que está morta, pois não quer ser um problema para eles e uma vergonha.

Vale ressaltar que todo o clã de Ian e seu pai odeia a moça, Ian como eu disse teve o que mereceu no primeiro livro e seu pai junto com os melhores guerreiros fugiram levando os melhores suprimentos, armas e tudo que tinha valor, deixando no local os mais frágeis a mercê da própria sorte (idosos, mulheres, crianças e homens que já tinham constituído família).

Os Montgomery e Armstrong agora unidos chegam prontos para guerrear vingar o sequestro de Eveline e para isso querem pegar Patrick pai de Ian e descobrem que ele fugiu deixando o clã em uma situação tenebrosa. São abordados por uma criança que argumenta em defesa de seu povo e por uma misteriosa mulher forte que defende um povo que a rejeita, mas ela traz em si muita humanidade e compaixão... Genevieve.

Pensa em uma mulher forte e determinada que não tem ideia do que é o amor ou a relação homem/mulher, até porque só conheceu violência, abusos diversos, tratada pior do que o mais peçonhento animal, aliás, todos os animais eram melhor tratados que ela. Esta é Genevieve que conhece Bowen Montgomery o mais lindo e desejado guerreiro que é assediado por todo o mulheril, mas não dá atenção a ninguém apenas àquela moça que desperta nele algo que nunca sentiu. Aos poucos eles vão se aproximando e ele enxerga nela somente o belo, ele mostra que suas cicatrizes não o incomodam, pois sua beleza em todos os sentidos é maior que tudo, seu coração, sua lealdade, sua força, coragem e determinação é maior que tudo e ele a admira pelo conjunto de coisas.

"Ele moveria o Sol se fosse necessário para garantir sua segurança e felicidade. Nada era mais importante do que sua segurança. Seu foco era e tinha que ser apenas ela, pois ela não tinha mais ninguém para defender sua causa. Se ele não cuidasse da sua felicidade, quem o faria?" pag 276


A trama começa intensa cheia de ação e de descobertas, vamos conhecendo mais de perto todo o desenrolar ano em que Genevieve foi prisioneira de Ian McHugh. Vamos descobrir o plano dela para que alguém de fora do clã fosse presa e com seu salvamento ela indiretamente conseguisse ser vista e salva de alguma forma tendo de volta sua liberdade e agora marcada só pensava em ir para uma abadia.  Mas, ela é tão íntegra que para evitar que outra pessoa sofra o que tem sofrido se submeterá aos caprichos do seu algoz. Vamos presenciar o enterro de uma antiga rixa dos Montgomery e Armstrong e o nascimento da força da amizade e do perdão que é o melhor remédio para muitos males, passaram de inimigos a aliados e parentes. Vamos encontrar uma espetacular, envolvente e apaixonante história de amor. Amor de verdade, aquele que abre mão da própria felicidade para ver a felicidade da outra pessoa, o que implica em vê-la partir para se reconectar, trazer alegria, esperança e vida para pessoas que estão mortas na alma por sua suposta perda.

Gente, o que posso dizer dessa história é que me sequestrou para dentro do livro e me levou para a Escócia em uma época bem antiga? Eu respondo: estava ansiosa por este segundo livro, já que primeiro me deixou sem ar, me deixou de quatro, apaixonada e suspirando. É bem verdade que eu tinha certeza que me apaixonaria também pelo segundo livro, mas multiplica isso por sei lá que número. Multiplicou? É mais. Superou minhas expectativas em tudo, foi simplesmente arrebatador e com certeza este também faz parte daqueles livros que lerei várias outras vezes. Tive o prazer de conhecer mais uma protagonista fantasticamente forte como no livro anterior, aliás, a autora construiu todos os personagens de forma incrivelmente surpreendente, mesmo os personagens “dumal” foram importantes e despertou em mim o que tinham que despertar, ou seja, o mais puro ódio e nojo. Mas, têm inúmeros personagens secundários lindos que me presentearam com lições e reflexões profundamente intensas.

Estou ansiosa pelo próximo livro que acho que será igualmente lindo e tenho a impressão que envolve uma outra vitima do diabo do Ian, Teliesan McHugh,  uma pessoa de uma lealdade sem igual e única amiga de Genivieve. Acho que teremos Teliesan e Brodie Armstrong que está sempre amparando a moça que manca de uma perna e arrisco pensar que deve ter sido mais um ato do diabo.

A escrita da Maya Banks é fantástica, a capa do livro é simplesmente linda e meu parabéns a toda equipe da amada Editora Universo dos Livros que produziu o conjunto da obra com tanto esmero, tudo lindo de tirar o fôlego, apaixonante. Quero mais, quero muito mais dessa série e dos clãs mencionados até aqui. Quero mais da Escócia, coisa mais linda!

Já estou com saudade dessa história maravilhosa, Universo dos Livros satisfaz meu desejo e me dá presente os outros livros logo! Hahahaha.



Um beijo de época em vocês!
Tânia Bueno

 


16 comentários:

  1. Oi Tânia.

    Sua resenha deixa o livro bem tentador, além de ter uma sinopse interessante e uma capa maravilhosa. Sabendo que a escrita da Maya Banks é fantástica, não deixa nenhuma dúvida que preciso começar a ler essa série e logo. Dica anotada adorei sua resenha, pois quero demais conferir essa trama.

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá, já gostei de cara do livro só por ser romance de época e que resenha foi essa mulher? Só com os pontos que você destacou e a citação do livro que você fez já me deixou louca pra adquirir! Parece ser um livro bem intenso e francamente quem não queria viver nessa época, com esses vestidos lindos e os bailes para apresentar as moças a alta sociedade? Parece até que esse fato nunca existiu.
    Já quero esse livro pra ontem!
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Ahhh essas capas são lindas demais!!
    Gosto muito de romances de época e fiquei bem curiosa para conferir como a autora consegue abordar o machismo na trama e também quero ver quais são as aventuras que a trama vai nos conduzir.
    Ainda não conheço a escrita da Maya, mas só vejo elogios e espero poder ler em breve alguma de suas obras. Dica anotada para próximas leituras.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Acho que já li uma obra da autora, não lembro. Tenho muita vontade de ler essa série, confesso que achei que só tinha o primeiro volume até agora, rsrs. Adorei a ambientação, nunca li nada que se passasse na Escócia. E nossa, fiquei com dó da personagem! :(
    Quero muito conferir a trama, acho que vou amar a leitura!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Conheço essa série, mas não gosto muito do gênero, então dificilmente eu arriscaria. Meus aplausos para Genevieve, se eu fosse ela, depois de passar por tudo isso, teria cometido suicídio.

    ResponderExcluir
  6. Oiii!!!

    Eu não li esse livro ainda e já me arrependi de não ter solicitado... Vou tentar comprar os dois já que sao continuações <3
    Adoro romance de época e nunca tinha lido algo da Maya, mas pelo visto ela é sensacional!

    Dica anotadinha!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Acho que nunca tinha visto um livro ambientado na Escócia, ainda mais em uma época antiga e tenho a impressão de que isso seria interessantíssimo. Fiquei com dó da protagonista pela história de vida dela, porém feliz em saber que mesmo assim ela encontra força.
    Eu nunca li nada do gênero, confesso que não me atrai muito, mas anotei a dica, vai que decido me aventurar pelo estilo né haha. Beijos!


    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Gostei muito da premissa só livro, e da sua resenha, mas confesso que não gosto da escrita da autora, sempre que dou uma chance aos livros dela, me decepciono muito.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Caramba, como é bom ver uma leitora tão feliz pelo livro que leu, essa sensação é ótimo mesmo, também fico assim quando ele supera minhas expectativas..
    Eu sou um pouco suspeita de falar sobre qualquer tema escocês, eu sou apaixonada, completamente, e fiquei maluca lendo essa resenha... vou caçar esse livro em todos os lugares! Não sei como ainda não tinha visto no skoob...
    bjs
    :)
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie Tânia!!!
    A sua resenha já me ganha pela sua intensidade. Adorei a sua animação e, com certeza me deixou empolgada pra conhecer essa história.
    Ainda não conhecia esses títulos, nem o primeiro e nem esse segundo, mas a sua resenha me convenceu a cair nesse romance histórico que, aliás, é um gênero que gosto muito.
    Outro ponto q me deixa bem tendenciosa pela leitura é por se tratar de um livro da Maya, pois a escrita dela é ótima.
    Adorei a dica!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Olá! Nunca li um livro ambientado na Escócia, mas já me interessei por este, depois de ler sua resenha. Parece ser um livro que promete e cumpre! haha Pois deu pra perceber o quanto você se encantou com ele. Vou colocar na minha lista. Bela resenha.

    Beijos
    https://albumdeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá! Nossa, que resenha e que livro! Fiquei impressionada com o tipo de história que o livro apresenta. Parece ser forte e tocante! E a capa é linda! Dica anotada, beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oii..
    Eu to louca por essa série! Desde que pus os olhos no primeiro livro. Eu simplesmente amo romance de época e essa série aparenta ir muito além do que a gente conhece e isso me atrai ainda mais. Ela está na minha lista e saber que vc gostou faz eu querê-la ainda mais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Tânia!
    Morro de curiosidade com essa série, mas cadê o tempo para ler? Amo histórias escocesas que envolvem clãs, guerras e vinganças e acho que vou ter que burlar a fila de espera para conhecer melhor esse livro.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Oi Taninha sua linda, tudo bem?
    Antes de mais nada, essa capa é um arraso!!! Aliás, todas dessa série. Estava com saudades das sua resenhas, você sempre tem excelente indicações. Nossa, estou chocada aqui com a violência e humilhação que ela sofreu. Esse homem é um bárbaro!!! Ele é muito cruel, desumano!!! Ela ser tratada pior do que os animais, com todo tipo de abuso, nossa, me deixou muito mal. Já vi que ela vai sofrer muito nessa hsitória, mesmo tendo encontrado o amor depois. Adoro personagens fortes, intensos, que tiram tudo da gente, que levam nosso coração com eles. Pois é isso que ela vai fazer comigo, levar meu coração. Estou louca para ler essa série. Adorei sua resenha!!! Seu texto está cheio de paixão, impossível não se contagiar.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
  16. Gostei da sua resenha porém o livro não né chamou atenção, talvez por não gostar desses gêneros, mas enfim. Parabéns pela resenha eh gostei da tua escrita. Mas a dica esta salva aqui quem sabe um dia né?

    ResponderExcluir