slide

Homens - O livro que toda mulher precisa ler para não acreditar em propaganda enganosa

26 setembro 2017

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Homens - O livro que toda mulher precisa ler para não acreditar em propaganda enganosa
Autor(a): Wesley Avelar
Editora:Universo dos Livros
Gênero: Literatura Nacional Contemporânea
Páginas:192
Compre e Compre: Bucapé
Adicione: Skoob 
Nota:
Sinopse: Atenção, mulheres: esqueçam tudo o que já foi dito sobre os homens. Apaguem da memória as teorias, os mitos e tudo o que suas amigas disseram. Neste livro inédito e totalmente inovador, entendam o que eles realmente pensam sobre amor, intimidade e compromisso por uma perspectiva nunca antes desvendada: a deles mesmos! Sim, o criador da página “Faça jus à sua barba” descreve tudo o que as mulheres precisam saber sobre a mente masculina. E mais... ele revela que os homens querem sim encontrar o grande amor.
Verdadeiro fenômeno das redes sociais, o autor conquistou milhares de fãs por sua perspectiva sensível e honesta sobre relacionamentos. Nesse livro, ele – que confessa já ter feito parte do clube dos cafajestes – se aprofunda no tema abordando seus diversos aspectos: reciprocidade, autoestima, relacionamentos tóxicos, segredos da conquista, por que os homens mentem, mulheres com iniciativa e toda forma de amor fazem parte desse livro que é uma ode à era do cavalheirismo.

Este livro é uma delícia de ler, trata de um assunto de interesse de 1 milhão e meio de mulheres de forma divertida, descontraída e com uma seriedade na medida certa. Sabe, aqueles conselhos que muitas garotas e mulheres pedem sobre os boys? Pois é encontramos aqui muitas, muitas dicas para que a mulherada não acredite em propaganda enganosa no que diz respeito aos boys e o legal de tudo é que quem dá as dicas é um homem que é apaixonado pelo sexo feminino... Sim meu povo Wesley Avelar é um fofo e após as publicações feitas em sua página no Facebook, o Faça jus à sua barba que conta com mais de 1,3 milhão de seguidores, trouxe muita coisa para este livro que está longe de ser uma receita de bolo, mas é rico no que tange a vááárias questões e, claro, cada uma após a leitura decide o que fazer com o papo que Wesley bate conosco através desse livro. O meu livro está cheio, bem cheeeio de papeizinhos marca texto e olha que não tenho problema com boy, pois o meu boy amor reside em minha vida, em meu coração e faz parte do meu DNA há mais de 23 anos.

Os conselhos para o primeiro encontro são, absolutamente, reais e coerentes, mas a maioria das mulheres os esquece, portanto, “pay attention!”.

“...se você está quase desistindo de encontrar aquele alguém especial, continue! Você pode apenas estar procurando no lugar errado, e não olhando para o que está próximo! Mas vamos conversando aos poucos até que tudo faça sentido...”.


O autor colecionou, segundo ele, fracassos e mais fracassos que somados e avaliados resultaram nas dicas que chegam a arrancar sorrisos, aliás, bom humor é uma das dicas, viu meninas e mulheres! Ainda bem que meu bom humor está sempre em alta e consigo dar risada de mim mesma em várias situações. Mas, não pensem que é um livro só com toques para as girls, não, não. Tem também alguma coisa para os boys e de verdade pode e deve ser livro por homens e mulheres, pois é muito legal.

Avelar fala da mania que muitas pessoas têm de generalizar, por exemplo: “homem é tudo igual”. Todos os homens são mentirosos e neste caso o autor se posiciona de forma muito interessante quando afirma que: “a mentira está relacionada a caráter e não ao sexo. Se não fosse assim todos os homens teriam na certidão de nascimento “mentiroso” e as mulheres não deveriam se relacionar com nenhum homem, uma vez que generalizam e colocam que todos são mentirosos”. Fala aí, ele está certo? Generalizações são complicadas e eu sou contra elas. Assim, se acreditamos que TODOS são mentirosos não deveríamos nos relacionar com eles, não é? É, o Avelar está certo! A mentira é uma questão de caráter e está presente em homens e mulheres. E quando a mentira surge, veja o que o autor afirma, o que sem dúvida nenhuma concordo 100%.

“A realidade é que, pelo fato de as mulheres terem um sentido muito apurado, elas percebem melhor a mentira quando aparece, e sabem desvendá-la. Essa sim é uma verdade universal: as mulheres não têm sexto sentido; chegam a ter décimo sentido. Absolutamente nada escapa do faro feminino, para desespero geral da nação masculina!”.

Bom, Avelar fala de relacionamentos doentios, abusivos e nos coloca na parede no sentido de nos amarmos em primeiro plano e depois investir em um relacionamento, quer dizer isso se a pessoa realmente deseja se relacionar com alguém.
Sobre princípios encantados: “Todos estão cansados de saber (especialmente as mulheres) que príncipes encantados não exustem; são frutos da imaginação do senhor Walt Disney. No entanto, mesmo sabendo que não há príncipes encantados, é como costumo dizer: não é por isso que o homem precisar ser um cavalo. E as mulheres também não precisam aceitar esse tipo de comportamento” p. 105 Bingo!!!

“Ao contrário do que se fantasia, o príncipe da vida real tem defeitos. Ele fica de mau humor e às vezes vai te magoar. Às vezes, ele não vai te ligar na gora que você queria – não por descaso, mas porque simplesmente não deu. Ele não te dará flores todos os dias, e vai responder atravessado quando estiver com fome”. P. 35. 
Isso tudo é verdade, até eu respondo atravessado quando estou com fome. Hahahaha Ah! E também não sou uma princesa e muito longe de ser uma rainha.


Lendo o livro me senti como se estivesse batendo um papo com o autor de forma descontraída, é uma leitura muito fluida, gostosa e despretensiosa que anima e nos faz refletir sobre muitos pontos. 
O livro não tem nada a ver com machismo, nem pense nisso. Não tem nada do tipo o que precisa ser para ter um homem, na realidade Avelar coloca a questão do amor próprio como válvula propulsora para a vida e a mulher precisa se valorizar, precisa primeiro ser e estar feliz consigo. Gosto quando ele coloca que não é para achar que se tem dedo podre quando o assunto é homem, pois isso não é verdade, pois podres mesmo são algumas pessoas.

O último é dedicado aos homens e tem o título de Papo de Barbudo para barbado e aqui o autor fala da independência da mulher que pagam as próprias contas, fazem as suas escolhas, têm voz ativa e algumas escolhem não se relacionar amorosamente com ninguém, o que é fato. “...os planos dessa mulher podem já estar preenchidos com coisas que a completam mãos do que qualquer homem: acordar cedo trabalhar com o que ela gosta, curtir os bons momentos e levar a vida com leveza.”

“Se você gosta da sua mulher, está na hora de trata-la como ela merece. Está na hora de ser homem de verdade e fazer jus à sua barba. Porque, enquanto você está aí só pensando em futebol, recebendo nudes de outras mulheres nos grupos do whatsApp ou esquecendo de demonstrar o quanto ela é importante, pode ser que a sua vez já tenha passado. E aí não adianta voltar chorando com um buquê de rosas nos braços, porque mulher decidida poder mais fria do que um frigorífico.” Bingo again!!!

Como eu disse o livro não tem nada de machismo e ainda lendo que algumas pessoas o classificam como livro de autoajuda, cara nada a ver com autoajuda, eu hein!!! Hahahaha

A diagramação está linda, a editora Universo dos Livros realmente se esmerou nos presentou com um livro envolvente e cuidadosamente trabalhado, fazendo jus ao tema trabalhado pelo Avelar que realmente está de parabéns, pois conseguiu produzir uma obra que pode e deve ser lida por homens e mulheres independente das preferências sexuais, afinal toda forma de amar vale a pena desde que seja regada pelo respeito ao outro, respeito à próprias convicções sendo coerente com princípios e valores pessoais e, claro, pensando sempre que se aquela relação não deu certo, sobrará no mínimo algum ou muito aprendizado.

Leitura mais que indicada por ser leve, despretensiosa que servirá para arrancar risadas de algumas pessoas, certamente ajudará muitas em suas andanças para encontrar a pessoa com a qual dividirá e somará muitas coisas, abrirá os olhos de outras para algumas questões, levará outras a refletir sobre seus comportamentos e práticas em relação ao outro. E, vale ressaltar que tudo que coloco neste último parágrafo, no meu ponto de vista, serve para boys and girls, ok?


Sobre o autor Wesley Avelar
Era uma vez um cara que amava escrever sobre suas experiências de vida, sobre relacionamentos e cotidiano. Estes eram temas que faziam os seus olhos brilharem, afinal, entre erros e acertos, ele havia se transformado em um apaixonado pela vida (e pelas mulheres).
Reza a lenda que a sua sabedoria estava na barba. Tocava as mulheres, mas não usava as mãos para isso, usava uma caneta e um papel. Alguns diziam até que era feiticeiro e que tinha o poder de ler suas mentes. Vai saber...
Algo acontecia, mas ele realmente entendia as mulheres, se identificava com os anseios femininos pela intensidade no amor. E isso começou a gerar uma desconfiança: algumas pessoas até duvidavam de sua personalidade, não compreendiam como um barbudo poderia ter um olhar tão entusiasmado e suave para o amor.
Mas, este cara é um homem realmente, de verdade, acontece que faz jus a barba que tem. E as suas reflexões demonstram como não veio de outro planeta, apenas busca e compreende o verdadeiro significado do amor.

Visite a página: https://www.facebook.com/facajusasuabarba/

No mais, meu beijo em você!
Tânia Bueno

25 comentários:

  1. Oi linda tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, não sou muito chegada a esse tipo de leitura, então por isso irei pular a dica, fico feliz que tenha sido uma boa leitura para ti.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, só de ler a sua resenha e os "quotes" que separou pra gente já fiquei com vontade de ler esse livro. Parece ser muito bem esclarecido e, também, muito bem humorado, acho que eu gostaria. Adorei a resenha!

    Beijinhos,
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Menina, acredita que nunca tinha ouvido falar da página desse moço! Estou chocada!! =O
    Sinceramente, só pela capa achei que seria um livro bobo, mas adoreeei o modo como você disse que o autor de coloca com uma postura feminista e descontraída a respeito dos relacionamentos, simplesmente é genial!! Preciso ler já! Obrigada pela dica <3

    ResponderExcluir
  4. Primeiramente parabéns pela resenha, muito bem escrita e organizada.
    Não tinha ouvido falar ainda no livro, mas fiquei aqui de queixo caido, preciso ler esse livro, deve mesmo ser divertido e curioso. Que bom que o autor soube falar de tantos assuntos com diversão e seriedade ao mesmo tempo.
    Dica anotada.

    ResponderExcluir
  5. Preciso deste livro!!! rsrs Ainda não o conhecia, mas parece uma leitura tão gostosinha que fiquei curiosa. Dica anotada.

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Assim, eu acompanho o IG dele e me divirto com as postagens, mas ele posta coisa séria por lá e sempre são verdades, até nas engraçadas. Eu estou muito curiosa com o livro, mas achei que foi meio como nas postagens do Instagram. Eu tenho um livro aqui que o autor "Colecionou" seus fracassos para ensinar mulheres como agarrar um peixão e largar tudo pra viver às custas dele, odeio esse livro! Extremamente machista! Quando vi que esse livro o autor usa a experiência para dar dicas à mulheres eu fiquei com o pé atrás. Mas ainda quero ler, não é possível que com um IG daquele no livro vá ser tão difrerente assim as dicas que ele dá.

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha visto essa capa antes, mas não fazia ideia do que se tratava a obra. Parece ser um livro divertido, ótimo para descontrair e conhecer um pouco sobre os homens haha. Acho que irei me divertir bastante com a escrita desse autor, vou anotar a sua dica. Bjss!

    ResponderExcluir
  8. Achei este título engraçado... kkkk
    Deve ser legal a leitura, este lance de parecer conversar com o autor é um bom diferencial. Gostei.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  9. Essa deve ser uma leitura bem interessante, achei que a maneira como o autor escolheu para falar desses assuntos muito boa.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  10. Olá!!

    Esse não é um livro que me chama a atenção em um primeiro momento, mesmo que sua resenha tenha passado o quanto a leitura pode ser agradável, mas vou guardar a dica para uma outra oportunidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Já conhecia a página, mas não o livro, parece ser uma boa leitura pra passar o tempo, obrigada pela dica, vou dar uma conferida lá na página!!

    ResponderExcluir
  12. Oiii!

    Eu fiquei sabendo do lançamento, mas confesso que essa capa e o título mesmo não me agradou... Mas ao ler a resenha percebi que o conteúdo é bem diferente do que eu imaginava. Gostei da sua resenha e de saber que parecia um bate-papo com o autor.

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  13. Olá! Infelizmente não é o tipo de leitura que eu procuro, não gosto muito de livros sobre relacionamentos e romances. Acredito que deva ser divertido sim, só não faz meu estilo mesmo. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oieee, achei super interessante a ideia do livro, muito divertido! mas me diz uma coisa que autor gato é esse???? hahaha

    já quero!!! (o livro)

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Este livro, o autor e sua página, são novidades para mim, pois não me recordo de já ter lido algo antes a respeito deles.
    Gostei da sua empolgação e fico feliz por saber que a leitura foi muito boa para você. Infelizmente não me encaixo no perfil do público alvo, e provavelmente eu o encararia como autoajuda, que é um gênero do qual mantenho distância.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Interessante ele falar sobre relacionamento abusivo, mas não me interessei por este livro não. Acho muita pretensão o "o livro que toda mulher precisa ler".
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem? Essa obra não tem nada a ver comigo. Achei positivo o fato de ele abordar relacionamentos abusivos, mas acredito que, em 2017, uma mulher não precisa de um livro sobre homens, tendo em vista as milhões revistas que já tentam moldá-las. Assim como a Angélica, aqui acima, também achei pretensioso dizer que é "o livro que toda mulher precisa ler". E se a mulher em questão gostar de outras mulheres? Além de pretensão, achei um reforço da heterossexualidade compulsória, o que acho muito triste e machista :/

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Me pareceu ser um livro bom!
    Não o conhecia além de ter visto a capa pela internet a fora!
    Gostei bastante de conhecer ele aqui em seu blog! Sua resenha está muito boa mesmo!
    Vou anotar a dica com certeza.

    Beijo!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi, como vai?
    Até gostei da proposta do livro, embora não conheça o autor e não o acompanhe. Acho que leria se fosse escrito por uma mulher e suas experiencias, mas perde o sentido quando um homem quer se colocar no nosso lugar. Na minha cabeça isso simplesmente não funciona, contudo, amei os quotes e concordei com as suas observações. Se o livro foi legal para você, é isso que importa. Um beijo e todo sucesso com o blog. Ótimas leituras para nós!!!

    ResponderExcluir
  20. Oiee Tânia ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, e mesmo que não seja bem o que eu estou querendo ler no momento, parece ser interessante. Generalização é um saco, né? Incrível como o povo tenta caracterizar alguém de acordo com o sexo ou opção sexual antes de ao menos conhecer. Gostei da sua resenha :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  21. Gente que titulo mais divertido, chamaria a minha atenção somente pelo nome. Ainda assim não é um livro que me interessa muito, mas fiquei surpresa por ser de um autor, pois esse título e a capa me remeteriam a uma autora... (Esses nosso rótulos impostos pela sociedade nos estragando de novo. kkkkk...).
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi, Tudo bom?
    Eu não conhecia o livro, pois não tenho muita experiencia nesse gênero literário, contudo ainda assim fiquei bem interessada, realmente parece bom e um livro para todas as mulheres.
    beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  23. Ola lindona estou doida para ler esse livro, adorei a temática e a forma como ela é apresentada no livro, ver nossas dúvidas sobre uma visão masculino é bem interessante e acredito ser uma das razões do grande sucesso do livro. Esse já está em minha lista de compras. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  24. Oi Tania.

    O título do livro já desperta curiosidade e conhecendo um pouco dele através da sua resenha, não resta duvida que vou adicionar na minha lista de desejados para ler. Achei bastante interessante o autor mencionar sobre relacionamentos doentios e abusivos no livro. A dica está anotada para tentar adquirir o mais breve possível e parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  25. Ola, tudo bem? Apesar de que, estou relutante em admitir, quero ler esse livro kkkk. Adorei a ideia, hei, quando na vida um homem vai parar pra te explicar certinho o que ele pensa? Bah, aproveite os limões que a vida te dá kkkkk. A ideia do livro é boa.
    Obrigada pela dica,
    bjus

    ResponderExcluir