slide

Amor Amargo

21 fevereiro 2016

Resenha por: Lincoln Freitas
Título: Amor Amargo
Autor(a):  Jennifer Brown
Editora: Gutenberg 
Gênero: YA Contemporâneo
Páginas: 253
Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Último ano do colégio, a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer.
Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade...
Em um retrato realista de um relacionamento conturbado, a autora Jennifer Brown, do sucesso "A lista negra", nos leva até o limite de nossos sentimentos.
Olá Galera >.<

Trago mais uma resenha e dessa vez de um livro marcante e um tapa na cara da sociedade. Amor Amargo é do gênero YA Contemporâneo, para quem não conhece esse gênero, é nada menos que, personagens jovens de 14 a 18 anos, vivendo os problemas mais sérios. Exemplos: Bullying, Depressão, Distúrbio bipolar, Abuso sexual entre outros.

Este livro lançado no primeiro semestre de 2015 trata assuntos bem polêmicos e importantes como feminismo e abuso sexual. Tem uma narrativa simples, mas com bastante emoção mesmo a autora mostrando poucas cenas de violência entre Alex e o Cole, dá para sentir na pele o que ela quis passar para o leitor, ou seja, a emoção, a dor e os sentimentos da mulher vitima de violência.

O enredo é maravilhoso e prende a atenção, tanto que comecei a leitura às 22h e fluiu tão bem que parei na página 60, pois precisava dormir. Não esperava o livro me tocar, da forma que me tocou. Os personagens foram muito bem construídos e a trama tem muitas reviravoltas e brigas, mas no final fiquei abismado com a amizade de Alex, Bethany e Zach que ficam unidos até o final.

Além do foco central do livro que é o abuso contra as mulheres, a trama fica marcada também pela importância da amizade, penso que uma amizade verdadeira não é abalada por  qualquer coisa.

Recomendo muito, para pessoas que gosta de YA Contemporâneo muito bem construído e marcante do início ao fim. 

XOXOXO
Lincoln Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário