slide

Rush Sem Limites

24 fevereiro 2016

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Rush Sem Limites
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Contemporâneo adulto
Páginas: 192
Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:
SINOPSE: Rush sem limites conta a história de Paixão sem limites sob ponto de vista de Rush.
Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan.
Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos.
Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.
Depois do sucesso da trilogia Sem Limites, Abbi Glines leva os leitores de volta ao início dessa história de amor. Em Rush sem limites, você entrará na mente do bad boy que já conquistou milhões de fãs mundo afora. 
Este é um livro delicioso que traz a visão de Rush do livro Paixão sem Limites que foi narrado pela querida e determinada Blaire. Temos alguns acréscimos que são novidades e se o bad boy nem tão bad boy assim era apaixonante nos dois primeiros livros, neste ele está ainda mais incrível, pois ele descobre o amor pela primeira vez e experimenta e se vicia em Blaire. Ele que sempre utilizou métodos de barreira em suas relações íntimas com Blaire ele descobre além do amor as deliciosas sensações que este sentimento provoca na intimidade de todo casal que verdadeiramente se encontra um no outro, como uma promessa de amor eterno (a poesia é por minha conta, porque foi assim que o livro me tocou).

Aqui o leitor entenderá o motivo pelo qual o Rush foi tão grosseiro com a Blaire, entenderá também porque ele sempre foi tão devotado à irmã egoísta e sem noção da Nan. Ele é uma pessoa mega sensível e atento a tudo. Mas, em sendo o filho único de uma estrela do rock, acaba por ser retrair em alguns momentos e ser um bad boy em outro, claro que como uma forma de se proteger, afinal ele tem a sua personalidade independente da do pai famoso.

Eu amo quando sou agraciada com uma trama em que a autora traz também a versão do outro protagonista e acredito que seja um desafio reescrever a história com a cabeça da personagem masculino e conforme a Abbi Glines colocou ela se deu esta meta também pelos pedidos dos leitores e penso que ela acertou ao decidir por este novo volume do casal Rush e Blaire. Vale ressaltar que não tem nenhuma grande novidade, traz sim os segredos do Rush que moveu céu e terra para realizar o desejo da irmã, ah! O que não se faz por amor, ainda que depois nos tornemos vitimas de nossas escolhas e decisões, mas deixo para você ler o livro e tirar suas conclusões. Para mim o ponto alto do livro continua sendo o amor que existe entre o casal e este livro serviu para eu matar a saudade deles.

A Série Rosemary Beach me conquistou e note que sou avessa a séries por me sentir obrigada a segui-la, mas claro que não sou radical e abro mão de vez em quando, apaixone-se como por esta Série e leia aqui as resenhas já publicadas. Então se você gosta de romance, invista nesta série e envolva-se com a escrita deliciosa da Abbi Glines.



Resenhas:


Beijos ilimitados!!

Tânia Bueno


17 comentários:

  1. Olá Tânia, tudo bem?

    MENINA, sou fascinada pelos livros da Abbi. E meu cagaço para ler o segundo que conta a história de Grant tá forte hahaha. Mas eu vou vencer!!!!

    Achei a versão de Rush tão melhor que as da mocinha que eu prefiro nem lembrar o nome. Ele é tão... erótico, sedutor, gostoso. HAHAHA

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Concordo contigo, também amo quando autor(a) trás outro livro mostrando a versão de outro personagem. É sempre legal a gente ver os dois lados.
    Não li Rush então não posso falar da obra num todo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Oiii meu bem, tudo bem?
    Infelizmente não tenho muita curiosidade em ler este tipo de livro, acho a capa meio clichê e não gostaria de ler, eu gostei muito do que escreveste, ótimo texto.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Adoro essa série! Uma das minhas favoritas do gênero!
    Rush é Rush, né! ahahah <3
    Gostei muito de ver o ponto de vista dele nesse livro :)
    Abbi Glines tem uma escrita muito deliciosa de se ler!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Já li alguns livros dessa série e sou apaixonada. Esse em particular, ainda não li. Mas tenho uma afeição por Rush de outras histórias. Tenho certeza que assim como você, vou gostar muito desse livro.

    Abraços, Lara.
    http://www.imperio-imaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi. Eu acho que para quem aprecia a série, Rush Sem Limites foi um presente. Uma amiga tem todos os livros e ficou louca... eu gosto do gênero romance, mas não aprecio muito o estilo do livro.

    ResponderExcluir
  7. Oie
    nunca tive vontade de ler a série por não ser bem um gênero que curto, mesmo assim, boa dica para amantes de livros assim,

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Já vi várias resenhas desse livro e não consigo gostar dele, acredita? Acho que é porque ando meio saturada desse gênero, então, por ora não faria essa leitura, mas quem sabe outro dia, quando essa febre passar um pouco?

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Tânia, tudo bom? Ao contrário de você, não curto muito quando a autora faz outra versão para a mesma história, mesmo que os personagens sejam apaixonantes, como é o caso do Rush. Achei muito boa sua resenha, mas, pelo motivo exposto acima, não sei se leria o referido livro.

    Beijos!
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  10. Olá, Tânia. Já li a trilogia da Abbi e me apaixonei pela escrita e os personagens do livro. Com certeza irei ler Rush Sem Limites, ja que estou com saudades dele, haha. Adorei sua resenha! ;)

    ResponderExcluir
  11. Oii!

    Dizem super bem dessa série, mas não me sinto atraída :/
    O gênero não é um dos meus preferidos e a promissa não me conquistou.
    A sua resenha ficou ótima, mas irei deixar essa dica passar.

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Eu sou doida para ver essa história pelo ponto de vista do Rush ♥ Gosto muuito dele, e acho que, sabendo o que ele pensava e sentia no início faria com que eu me apaixonasse ainda mais pelo personagem. Saber que você gostou do livro me deixou ainda mais animada para lê-lo ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu só tinha lido Paixão sem limites e mesmo assim me aventurei em ler Rush sem limites e o que falar? Simplesmente me apaixonei pela versão dele dos fatos.
    Bem melhor do que o da Blair.
    Amei!

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  14. Olá Tânia, gostei bastante da sua resenha, mas não é um livro que eu tenha tanta vontade de ler, pois não sou muito fã do gênero.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  15. Pensa em uma série que eu amo e num personagem que me deixa alucinada.
    Pois é!!!
    Adorei esse livro por nos dar o lado dele na história, o que tinha nas sequencias e não no primeiro.
    Muito boa a resenha, de verdade.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Acredita que não li nenhum livro dessa série ainda? Mas sua resenha me deixou curiosa e vou correr atrás do tempo perdido, rsrs.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  17. Ai, amiga...
    Você, como sempre, arrasando nas resenhas!
    Mas o nosso caso de amor por esse mocinho é antigo, não é mesmo?
    Preciso criar vergonha na cara, e ler logo esse livro. Só falta ele.

    Beijoss!

    ResponderExcluir