slide

Mais uma Chance - Abbi Glines

08 julho 2016

Resenha por: Tânia Bueno
Título: Mais uma chance
Série:  Rosemary Beach
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance adulto
Páginas:208

Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.

Esta é a continuação da mais emocionante história da Série Rosemary Bech até aqui, o livro anterior A PRIMEIRA CHANCE, leia resenha aqui, nos mostrou o progresso de Grant Carter, protagonista pelo qual a Abbi Glines tem um carinho especial e se emocionou demais ao escrever a história dele e de Harlow Manning. O primeiro livro terminou com Grant confuso e destruído, pois o segredo que Harlow revelou colocou a tona o seu pior medo, aliado a isso tem um batalhão de paparazzo atrás da moça que sempre foi protegida pelo pai o popstar Kiro que agora tem a vida pessoal exposta e com isso vem à tona o grande amor da vida de Kiro que está em uma clínica desde que sofreu um acidente quando Harlow ainda era um bebê com a saúde bastante fragilizada e cresceu criada pela avó materna e em meio aos livros que sempre lhe trouxe a tranquilidade necessária para enfrentar a vida como uma guerreira que é desde o nascimento.

Não sabendo onde Harlow está Grant só tem como única possibilidade de contato o celular dela e já deixou mais 50 mensagens, a rotina dele todos os dias é enviar uma mensagem, isso já dura dois longos meses sem resposta alguma dela, ele se culpa já que quando ficou sabendo do seu segredo disse coisas relativamente duras que a assustou. Diante desse quadro, para não enlouquecer Grant mergulha no trabalho, tenta dormir à noite e não consegue, está com os nervos em frangalhos e só quer Harlow de volta do jeito que for.  Com a culpa que sente pela partida dela é sempre amparado pelos amigos Rush (que não conta nem sob tortura onde Harlow está, pois se comprometeu com ela que precisava de um tempo), Woods também está sempre presente, mas Grant está intragável e sabemos muito bem que uma dor de amor verdadeiro é quase uma doença mortal para o coração e a alma. Confesso que acompanhando a história desse casal que simplesmente amo, me emocionei, me envolvi, compreendi os dois lados e torci o tempo inteiro, pois ambos são pessoas extremamente especiais.

Harlow está em outro estado e agora tem uma notícia que poderá ser ainda mais devastadora para as pessoas que a amam e nesta nova jornada de sua vida está sendo cuidada pelo meio irmão protetor Mase que não concorda com a escolha dela, a esperança dele reside em Grant, assim pede para Rush informa-lo onde está Harlow, pois sabendo o quanto ele a ama acredita que ele poderá convencê-la a mudar de ideia em relação a sua escolha que com certeza ameaça sua vida. Como Grant reagirá a isso já que tem seus medos em relação às pessoas que ama? Será que ele será forte o suficiente para apoiar a escolha da amada e deixar o seu sonho se concretizar?  Prepare-se para viver um momento devastador.
"A verdade é que eu também estava com medo, mas isso não mudava nada. A vida é cheio de medos, e fugir deles nos impede de viver as experiências que fazem a vida valer a pena."
Grant é um dos meus favoritos por ser um homem que cuida das pessoas, preocupa-se com elas, talvez o amor que nunca teve de pai e mãe, tenha feito ele se aproximar cada vez do amigo que é mais irmão que tudo Rush. Grant é o tipo de pessoa que sempre desejou ser especial para alguém e que alguém precisasse do amor dele e ele encontra isso em Harlow. Mas, no primeiro livro ele me decepcionou um pouco, pois assustado e inseguro deixou Harlow partir já que o que descobrira em relação à saúde dela fez com que seus medos desesperadores aflorassem. Embora, ele se arrependa de deixa-la partir, até tê-la de volta terá que entender que amar é correr riscos, que é melhor viver intensamente o agora do que se arrepender e viver amargurado de não ter vivido um grande amor.
"...amar alguém é um risco que todos corremos, mas a vida sem amor não significa nada."
Neste livro temos notícias de personagens que amo dos livros anteriores, o que é muito bom já que ficamos sabendo como está indo a vida deles. Temos novos personagens inseridos na trama e todos muito bem construídos e com participações absolutamente importantes da trama.  Como eu valorizo muito a questão das redes de relacionamentos na vida e do quão importantes elas são em tudo, é muito legal verificar que a Abbi Glines trabalha este tema de forma muito linda, a importância da amizade nas relações e o quanto a força dela nos impulsiona para frente. Mas, lembremos que amigos de verdade têm a coragem de dizer quando estamos errados, puxam nossas orelhas quando necessário; dão broncas, riem e choram juntos, estão presentes em todos os momentos. Temos tudo isso aqui e se prepare para vivenciar manifestação real de amor, valorização das pessoas e um dilema que certamente mexerá demais com você.

Com uma escrita como sempre absolutamente envolvente a Abbi Glines continua fazendo com que eu me apaixone cada vez mais por ela, tanto que em todos os livros da Série Rosemary Beach começo a ler o livro e não quero larga-lo em hipótese alguma. Ela sabe como construir um romance envolvente, pode ser clichê, eu não ligo, mas se você se importa com o fato de ser clichê, vale ressaltar que não é mais do mesmo, visto que tempo o todo a obra realmente convence, emociona e traz à tona uma questão muito real no cotidiano de algumas pessoas que às vezes é debatido e outras vezes é reprimido. A autora soube trabalhar muito bem o tema ESCOLHA e o quão importante é o outro entender isso.
"O amor não deveria fazer as escolhas por nós. Deveria deixá-las mais importantes"
A narração é intercalada entre Harlow e Grant e ainda tem umas cartas escritas por Harlow que são de fazer o coração doer que você não tem ideia, não posso revelar aqui do que se trata senão daria uma baita de um spoiler, mas esta mulher incrível mostra sua força e de forma guerreira se prepara para duas possibilidades de destino. OMG!!! Aliás, as mulheres da Abbi são demais, muitas reais, mas todas fantásticas. No final do livro temos algumas partes narradas por Kiro, pai de Harlow, Mase irmão por parte de pai e outra narração pela megera da Nan, irmão de Harlow por parte de pai e neste livro a Nan teve um momento de rara grandeza, mas só uma ação e nem pense em defender esta víbora. 

Quero reafirmar que com certeza a história de Harlow e Grant vai surpreender e ela se tornou uma das minhas favoritas, tem romance, tem momentos de pura tensão e incertezas, tem a luta para vencer demônios internos que tiram a paz e a força em alguns momentos, presenciamos o crescimento dos personagens que amadurecem e lutam pelo que querem.

Mais que indicado para quem gosta de romance bem elaborado em tudo.

Beijos realizados!
Tânia Bueno

20 comentários:

  1. Bem, eu com certeza gosto de romances bem elaborados, e ainda assim preciso admitir que nunca li absolutamente nada da autora... Mas a curiosidade é grande hien, hehe.

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar muito dessa série, e muitas resenhas positivas sobre a Abbi Glines. Bom, tive que ler a outra resenha, para saber um pouco mais sobre a história, e fiquei bem interessado pela a história, mesmo não sendo um gênero que eu tenha tanto contado ou que eu goste de ler.
    E bem legal isso, saber sobre os personagens anteriores e saber pelo menos como eles estão/o que aconteceu com eles, e claro, conhecer os novos. Fico feliz que tenha gostado da leitura, é uma experiência ótima. Né?
    https://leitorironico.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, flor!
    Ainda não li nada da autora e tenho dúvidas se vou gostar do estilo dela. Ao que parece, ela divide opiniões entre os que amam sua escrita (como você) e os que odeiam. Eu espero sinceramente gostar, porque a autora tem vários livros publicados e adoro quando temos a chance de acompanhar a vida dos personagens a longo prazo em uma série.
    Grant parece ser o tipo de cara que também me encantaria. Adoro homens que não têm medo de demonstrar o que sentem, especialmente aos amigos e à mulher que ama. Espero curtir o casal Grant e Harlow!

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiii Tânia, como vai?
    Por mais que eu tenha gostado muito da sua resenha, a obra não me atraiu como eu gostaria, o gênero não despertou muita minha atenção e nem a premissa do livro, com isso pularei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi Tânia!
    Conheço a Abbi Glines mas nunca li nada dela! :(
    Não é por falta de indicação, é falta de tempo mesmo! Já vi o quanto ela é requisitada nos grupos do Facebook, sempre tem livro dela em debate! Pior que ainda não sei quando vou conseguir ler... tem tantos na frente! Adorei a resenha! Bjk
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    Confesso que até o momento não li nada da autora, teve uma época em que fiquei bem interessadas pelos livros dessa série, mas acabei desistindo de lê-os, até tenho alguns, mas estão parados na estante.

    Todavia, lendo a sua resenha, fiquei bem curiosa sobre qual é o problema/segredo relacionado a saúde dela (isso?) que o fez ser duro com ela e deixá-la ir embora? Me pareceu que ele foi idiota e que a deixo só em um momento que ela muito precisava de apoio, se for isso, portanto, ele mereceu o sofrimento.... Ok, ok... só lendo pra saber, né? rs Anotando a dica!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tânia!

    Olha, não sou muito fã de romances adultos, mas acho a narrativa de Abbi Glines tão boa que geralmente corro o risco. Grant parece ser diferente dos protagonistas dos livros desse gênero, já que ele aparenta ser carinhoso, prestativo. Isso, para mim, já conta como um super ponto positivo. Mas fiquei um pouco com o pé atrás com ele, já que no momento que Harlow mais precisou, ele pulou fora... Veremos, né?

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li nada dessa autora, e a cada resenha que eu leio dos livros só fico mais atiçada para conferir! Eu adoro leituras que intercalam a narração assim, pois não ficamos de fora de nada. Gostei de saber mais sobre Mais uma chance, não vejo a hora de ler.
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Taninha, sua linda, tudo bem?
    Essas autoras querem acabar com meu emocional. Recentemente vi o filme como eu era antes de você e confesso que foi duro, não aceito a escolha dele, mas entendo tanto, que doí. Aí vem a Abbi e tinha que colocar uma doença nela? E se o irmão dela está apostando tudo no Grant, é porque provavelmente Harlow fez a mesma escolha do filme. OMG!!! Meu coração não vai aguentar!!! Mas tenho esperança de que ela vença a doença e eles fiquem juntos. Mas tenho que dizer que concordo com você, temos que viver intensamente o hoje, não importa se será apenas um dia, ou dois, ou um mês, ou um ano. Sei que vai doer muito, mas um amor como esse pode não mais aparecer... Amei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Tania!
    Ainda tenho sérios problemas em aceitar romances, principalmente estes feitos pra comercialização literária. Eu que sou chata mesmo... Mas então, goste de ver que a autora soube dar continuidade ao livro anterior de forma bem fluida, mantendo o ritmo de leitura e as características da protagonista. Vê-se de longe que você ama a Abbi! XD Até a próxima!...

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem??
    Como já havia dito antes, quero muito ler os livros dessa autora, vou ver se consigo colocar eles nesse ano ainda na minha meta de leitura que já está cheia kkkkk, gostei bastante da sua resenha e ela só me deixa com ainda mais vontade de ler!
    Beijus
    www.bibliotecaempoeirada.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Tânia.
    Esse livro parece ter uma romance super bem trabalhado e emocionante. O Grant parece ser um rapaz encantador. Porém, mesmo com todos os elogios, essa é uma série que eu não tenho vontade de ler, mas se a autora tiver algum outro livro de outro gênero, eu daria uma chance, com certeza.

    ResponderExcluir
  13. Olá! Eu gosto de romances e os da Abbi realmente parecem ser diferenciados. Li uma resenha do primeiro livro do casal e fiquei realmente interessada. Com essa resenha a minha vontade só aumentou.
    Beijos
    http://curaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Tânia.
    Eu chorei horrores com esse livro e amei a história de Grant e Harlow. O primeiro livro deles eu odiei e não consegui gostar, mas aí veio "Mais uma chance" e me fez ficar em frangalhos e chorar tanto.
    Abbi me reconquistou nesse livro e foi uma leitura ótima. Agora estou louca pelo livro da Bethy.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  15. OOi Tânia!
    Li somente um livro da Abbi, Paixão Sem Limites, e mesmo amandoooo ele, até hoje não li os outros. Sua resenha reacendeu minha vontade de ler os livros da autora, com certeza ão subir de posição na minha lista de leitura hahah Acho a escrita dele maravilhosa, assim como o romance.
    Ótima resenha!

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá! Então, nunca li nada da série. Sempre li as resenhas, sempre positivas. Só que a premissa da série não me chama atenção, me passa a impressão que é uma relação obsessiva/patológica, muitos conflitos...Enfim pode ser uma falsa impressão. beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá, ótima resenha (muito bem escrita).
    Infelizmente, ainda não tive o interesse nos livros da Abbi Glines (sei que os romances são clichês e gostosinhos de se ler). A trama não me despertou o interesse, apesar dos pontos positivos indicados na resenha (vou deixar para um outro momento).

    Beijos,
    Luan - Carpe Diem Literário.

    ResponderExcluir
  18. Oiee ^^
    Vi muita gente dizendo que "A primeira chance" e "A última chance" são os melhores livros da série, mas ainda não tive a oportunidade de lê-los, devo ter lido três volumes até agora só :/ Estou mais do que doida para conhecer a história de amor do Grant e da Harlow, personagens dos quais eu já gosto muito, tendo em vista que apareciam nos primeiros livros de R.B. e também do que o pessoal fala de ambos. Espero gostar tanto quanto você ♥
    MilkMilks

    ResponderExcluir
  19. Oi Tânia, tudo bem?
    Eu li só os primeiros livros de Rosemary Beach, fiquei com medo do restante ser mais do mesmo. Mas pela sua resenha vejo que a Abbi arrasou nessa história do Grant e da Harlow. Fiquei curiosa e nostálgica.
    Ótima resenha. Vou voltar ele pra minha lista de desejados, quem sabe encontro ele barato na Black Friday ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Apesar de todo o drama eu amei essa história,achei a Harlow forte,apesar de não concordar com algumas escolhas dela na trama,mas amo o Grant desde o início e adorei conhecer mais da história dele.

    bjsss


    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir