slide

A primeira Chance - Abbi Glines

05 julho 2016

Resenha por: Tânia Bueno
Título: A primeira chance
Série: Rosemary Beach
Autor(a): Abbi Glines
Editora:Arqueiro
Gênero: Romance adulto
Páginas: 224
Compre e Compre: Submarino
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.
Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.
Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...

Começo situando o leitor que não acompanha a Série Rosemarie Beach e quer começar a ler um livro ou outro, pois pode ler de forma independente, sempre atento se a trama é livro único, duologia ou trilogia. Em A PRIMEIRA CHANCE temos a história de Harlow e Grant e no início mesclado com os dias atuais algumas voltas ao passado que dá a noção na medida certa do acontecimentos para que o leitor acompanhe tudo sem perda para então iniciar a história propriamente dita nos dias de hoje desse casal apaixonante.

Harlow, ah! Harlow! Uma garota de 20 anos filha de Kiro um dos popstars da banda mundialmente reconhecida Slacker Demon. Kiro é durão, até grosseiro às vezes, mas é divertido e depois da mãe de Harlow não se ligou de forma séria a mais ninguém, a amava demais e sofreu muito com o que aconteceu com ela. Este homem  e a avó materna de Harlow guardam um segredo de Harlow e da mídia  e que segredos este homem guarda?
Kiro rude, durão... quanto a isso penso que atrás de pessoas duronas demais, grosseiras demais, tem um ser bastante frágil que precisa dessa capa protetora para não desmoronar ou para não mostrar ao mundo a fragilidade e dores que a marcaram. Mas, em alguns momentos as coisas eclodem e é preciso lidar com elas. Até onde você iria para proteger pessoas tão preciosas para você?
"Existem três tipos de mulher nesse mundo. Aquelas que sugam você até a última gota e o deixam sem nada. Aquelas que só querem se divertir. E aquelas que fazem a vida valer a pena. Esse último tipo... A mulher certa é aquela com dá na mesma medida em que recebe, e você nunca se cansa de estar com ela. Ela é do tipo que... se você perdê-la, acaba se perdendo. pag 10/11 (fala de Kiro)

Voltemos a Harlow, ela é uma guerreira vitoriosa que nasceu prematura e com graves problemas de saúde, ela realmente lutou pela, é a firmeza em pessoa, pelo menos passa esta imagem ao mundo, sabe o que quer, ainda não viveu um grande amor até Grant aparecer e virar sua vida de pernas para o ar. Ela também esconde um segredo que somente o pai, a avó e os integrantes da banda sabem. Este segredo que promete mexer com o leitor. Com a morte de sua mãe ainda pequenina, isso é o que contaram para ela, foi criada pela avó que dizia: “Mantenha a cabeça erguida e não deixe que ninguém veja sua queda. Você é feita de aço. Não estou criando uma princesinha mimada. Está me ouvindo?” Pensamento de Harlow: “Ela nunca agiu como se houvesse algo de errado comigo. Acreditava que eu era perfeita. Acreditava que me daria bem. E às vezes eu também tomava isso como verdade.” Pag. 26. 
Gente, a vó de Harlow foi uma mulher espetacular na vida dela.
Mais uma lembrança de Harlow sobre esta adorável mulher: "Minha avó sempre me dizia: Se você me enganar uma vez, o erro é seu. Se me enganar duas, o erro é meu." pag. 138

Mas, como nem tudo são flores e para situar você meu caro(a) leitor(a) em todos os livros temos a desagradável presença de Nannete (Nan) que é irmã de Harlow por parte de pai, esta é mimada, egoísta, gosta de aparecer, expor e ridicularizar as pessoas, adora usar os homens como brinquedos e faz da vida do pai, da irmã e do irmão por parte de mãe Rush, um verdadeiro inverno. Aliado a tudo isso esta desalmada manipula e sempre jogou com Grant que um dia pensou amá-la, mas ela é tão amarga que ele se afastou e descobriu que o que sentia por ela não tinha nada a ver com um sentimento tão nobre quanto o amor, ela destruiu o carinho que ele nutria por ela, mas basta beber e ela estalar o dedo que ele está lá. Agora, este lindo e divertido homem se descobriu pela primeira vez apaixonado e por ninguém menos que a adorável Harlow, então a sra. Dona dos homens Nan não aceita isso, pois acredita que todos querem tirar o lhe pertence, afff... e atormentará Harlow e Grant.


Em uma determinada parte do livro teve um momento que me tocou muito que foi uma reflexão de Grant sobre a morte, já que estava no velório de um grande amigo praticamente um irmão, neste dia decidiu que não amaria ninguém, pois ficou olhando alguns amigos com noiva ou esposa e filho, refletindo sobre a transformação lindamente positiva na vida dessas pessoas, mas também o nível de dependência desse sentimento desconhecido por ele chamado AMOR e como essas pessoas reagiriam se perdessem esses amores da vida. Então, decidiu que não amaria e não se amarraria pelo medo de perder, por saber que uma perda assim o destruiria. Mas aí, reflito: e o que seria da vida sem o AMOR? Como diz o Rush o medo de perder existe, mas tudo é compensado pela quantidade e qualidade do que vivem juntos, das descobertas advindas dessa entrega linda e incondicional e eu claro concordo com o Rush.

O nosso casal descobrirá emoções e sentimentos nunca sentidos, em dado ele fugiu e a deixou insegura e agora sabendo o que quer precisa reconquista-la e para isso tem os conselhos do meu casal lindo Rush e Blaire, Grant terá um longo caminho. Harlow sabe que o amor a pegou e se entrega totalmente, mas como se sentiu incomodada com algumas circunstâncias e tem um segredo desde que se entende por gente, acredita que sempre será vista pelas pessoas de forma diferente, é como se ela tivesse um defeito que poderá afastar os homens dela e não deseja que ninguém dela se aproxime apenas para servir como troféu por ser filha de quem é. É importante refletirmos que quando não revelamos coisas de nós e o outro descobre por si, poderá se sentir traído, surpresas de alguns graus de gravidade tendem a assustar, então é melhor que saibam por nós e não pelos outros. 

Este é o primeiro livro da duologia de Harlow e Grant e se prepare para viver fortes emoções. Com uma trama lindamente construída Abbi Glines me surpreendeu positivamente mais uma vez, pois o livro inteiro é cheio de reflexões e algumas passagens muito divertidas, pois Harlow com sua inexperiência me encantou e espero que encante você também. Grant é um cara ultra divertido. Temos dois segredos bem pesados que rondam a trama e em ambos Harlow está diretamente envolvida, pois quando ela descobre algo que nunca em sua vida imaginou fica quebrada, com raiva do mundo e do próprio pai, até vê-lo manifestar um amor, uma dedicação e cuidado com outra pessoa, além dela, que ela jamais imaginara e isso faz com que todo sentimento negativo temporariamente nutrido seja esquecido, afinal com uma manifestação da que presenciei é impossível você não entender as razões que determinaram algumas decisões. O outro segredo??? Ah! Não tem como eu nem tentar explicar ou comentar aqui, senão darei spoiler e dos grandes até porque ele trará consequências no próximo livro e só posso dizer que a revelação desse segredo fez Grant se deixar levar pelos seus medos mais profundos.

Quero ressaltar que a Abbi Glines deixa claro que talvez o seu principal amor seja por Grant e Harlow, ele é incrível e lendo a trama você entenderá o motivo de ela ter este carinho tão grande por Grant.  Não preciso nem escrever que sou apaixonada por esta Série por que me faz refletir, me traz aprendizados e aliado a isso tem a escrita da autora que é fantasticamente fluida, leve, envolvente e contagiante. As cenas sensuais são lindamente descritas e existem temas tão importantes e relevantes que a questão da sensualidade acaba ficando em segundo plano, mas claro, é um livro para adultos.

Livro mais que indicado e agora começarei o MAIS UMA CHANCE para ver onde vai dar tudo isso. Vamos ver o que mês espera, até porque a curiosidade me venceu e à 01h30 da manhã levantei e fui me situar sobre a sequência da trama.

Então, se você gosta de romance bem escrito com temas diversos permeando toda a trama, leia.

Beijos esperançosos com a próxima chance
Tânia Bueno

Abbi Glines nasceu em Birmingham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente os dois moram com seus três filhos em Fairhope, Alabama.

Autora de diversos livros da lista de mais vendidos do The New York Times, Abbi é viciada no Twitter (@abbiglines) e escreve regularmente no seu blog.

21 comentários:

  1. Sempre ouvi falar dos livros da autora, coisas boas e ruins também, acho que irei conhece-la com essa ótima dica de livro que você me deu, beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre me perco nessa serie e acabei desistindo de continuar a acompanhar a evolução dos personagens, mas tem boas amigas que sempre falaram que eu devo ler o livro da Harlow Manning e do Grant Carter porque a historia deles ficou muito linda e pelo que você falou também bastante emocionante.

    http://www.coisasdemineira.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, embora a premissa pareça ser interessante para o seu publico, eu já estou saturada desse tipo de livro, já que conheço muitos nesse estilo e acho-os meio repetitivos e mais do mesmo, por isso, não leria esse livro.
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Eu li os três primeiros livros da série e gostei bastante, mas ainda não tive a oportunidade de ler este (que foi o mais elogiado até agora ♥). Gostei muito da Harlow e do Grant nos livros anteriores, então já sei que vou adorar a história de amor dos dois ♥ Fico feliz em saber que você também gostou dele, me deixou ainda mais animada para ler.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Taninha sua linda, tudo bem?
    Eu acredito no mesmo que você, sabe, às vezes a vida bate forte demais. E mais de uma vez. A pessoa não consegue lidar e vai levantando muros que a afasta cada vez mais dos outros. E isso torna a pessoa mais dura. Se pensarmos bem, é o mesmo comportamento do outro personagem com medo de se entregar ao amor por causa da morte. Ele também não está sabendo lidar com a morte e levantou seu muro, o de não amar. Nunca pensei que essa série pudesse ser tão reflexiva e nos passar lindas e profundas mensagens. Você tocou minhas emoções com sua resenha e mudou minha perspectiva sobre ela. Adorei sua resenha e não vejo a hora de ler!!!
    Beijinhos.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie!!
    Tenho dois livros da Abbi aqui e ainda não os li. Não por falta de interesse, mas acabou colocando outras opções na frente. Comprei justamente por serem boas indicações pela boa escrita da autora e a sua resenha só me fez ficar ainda mais curiosa pra iniciar a leitura. Espero ler logo!
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Gostei muito da sua resenha por trazer muitos pontos interessantes do livro. Porém, eu não gosto do gênero dele. Inclusive tenho toda a coleção aqui porém não tenho a menor vontade de lê-lo.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho muita vontade de ler os livros dessa autora, mas sempre me perco por onde começar. rsrs Gostei da premissa desse, parece uma leitura com bastante profundidade, e que bom saber que você gostou.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Olá tudo bem??
    Sempre tive vontade de ler os livros dessa autora, ainda não tive a oportunidade e com sua resenha só me deixou com mais vontade ainda, quem sabe esse ano eu consiga ler alguma coisa dela, parabéns pela resenha!
    Beijus
    www.bibliotecaempoeirada.com.br

    ResponderExcluir
  10. Já tinha visto esse livro, mas nunca havia reparado nele, simplesmente nao me interessei pela capa...rsrs, mas pela sua resenha, foi surpreendente como me interessou, não imaginei que teria mais que um romance doce...rsrs

    Anotado como dica.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Sobre a escrita da Abbi ser fluída super concordo com você, mas desisti da série Rosemary Beach lendo os livros da Blaire e do Rush, quando li Rush Sem Limites me irritei tando com os diminutivos dele que é até complicado explicar.
    Talvez eu tenha me precipitado em abandonar a série assim, mas prefiro não me arriscar, mas confesso que fiquei bem curiosa à respeito dos segredos bombásticos que tem no livro e em como tudo afetará os personagens!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Só vejo resenhas positivas desse livro, mas não tenho vontade de ler. Pra mim, essa série é mais do mesmo no gênero e estou saturada dele. Mas quem sabe quando eu esquecer um pouco de livros parecidos, pode ser que eu arrisque a leitura...

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus! Que segredo é esse?! #curiosa kkkkk
    Eu já vi os livros dessa autora, mas ainda não li nenhum. Este parece ser muito, muito bom. Vou anotar aqui e já procurar pra comprar e ler. Adorei a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Tania!
    Eu já tinha gostado do Grant nos outros livros da série e quando a Harlow aparece na história já me encantou. Eu estou muito ansiosa para ver como os dois vão se achegar já que eles tem personalidades totalmente diferentes. Amo essa série e comprei recentemente os esse livro e o segundo e estou aguardando ansiosamente chegar.
    Amei a sua resenha e espero gostar do livro tanto quanto você.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Já posso matar a Nan agora? rs... Essa saga não me atrai, sei que é dividida em pequenas séries (nem sabia que tinha livros únicos), mas ia inventar de ler na ordem, com certeza... hehe... Só que você sabe que não curto cenas sensuais, né, isso me fez desistir de começar. Que bom que o livro te agradou, também concordo com a visão do Rush, mas o importante é que com certeza Grant e Harlow terão seu final feliz.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Oi! A última resenha que li sobre um livro da Abbi enfatizou tanto os clichês que ela usa nos livros e que os tornam mais comerciais que até desisti da leitura. Parece ser uma história bacana e tem um enredo intrigante, com segredos e tal, mas eu sou muito chata com romances. Quanto mais parecido com novela, pior pra mim. A culpa é minha mesmo! Juro! Apesar do livro ter te despertado tanto, deixarei p próxima. Beijo!

    ResponderExcluir
  17. Oi Tania, tudo bem linda?
    Eu parei na trilogia Sem Limites, mas quero muito voltar a ler essa série, porque amo a escrita da Abbi... ela vicia a gente em suas histórias... eu quero muito conhecer a história de Grant... eu detesto a Nan de coração, essa mulher é insuportável... fico feliz que tenha gostado da leitura e que ela pode te trazer reflexão...Xero!!

    ResponderExcluir
  18. Olá! Nunca li nada da série. A premissa não me agrada muito, acho que o estilo da história que não me chama atenção. Esse tipo de relação, seja irmãos ou amantes, que faz mais mal do que bem não me atraem muito na leitura, beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá, sua resenha ficou ótima, creio que os amantes do gênero irão gostar bastante dessa obra, mas confesso que eu deixarei a dica passar, pois não curto a temática.

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Oie!
    Eu nunca li um livro da série, acho que é por falta de interesse mesmo. A história me parece bem legal e, apesar dos pontos positivos que você apontou, eu não fiquei com tanta vontade de ler sabe?
    Mas fico feliz em saber que você tenha gostado.

    Beijinhos da Mady.

    ResponderExcluir
  21. Essa história parece arrebatadora! Sério, nem li ainda e já estou aqui imaginando coisas. Acho que você passou um pouquinho do seu carinho pela trama pro lado de cá da telinha! hehe Super bacana sua resenha!

    Abraços!!

    ResponderExcluir